A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

É esta terça que estreia 'Fugiram de Casa de Seus Pais', com MEC e Bruno Nogueira

Por Eurico de Barros
Publicidade

Miguel Esteves Cardoso e Bruno Nogueira, e mais 12 convidados, vão conversar sobre isto e aquilo em ‘Fugiram de Casa de Seus Pais’, na RTP. Eurico de Barros é todo ouvidos.

Um é escritor, cronista e crítico, foi jornalista, editor musical, candidato monárquico ao Parlamento Europeu e é uma personalidade de culto de pelo menos uma geração de portugueses. O outro é actor, apresentador de televisão e humorista omnipresente nos media. Miguel Esteves Cardoso, também conhecido por MEC, 62 anos feitos em Julho, e Bruno Nogueira, 35 anos cumpridos em Janeiro, são símbolos e representantes de duas gerações diferentes.

Bruno é presença assídua na televisão. Miguel não aparecia lá com regularidade desde a sua participação em A Noite da Má Língua, na SIC, em meados da década de 90. Não se conheciam muito bem, mas partilham o sentido de humor. Vai daí, juntaram-se os dois à esquina para fazerem um programa na RTP. Chama-se Fugiram de Casa de Seus Pais, é realizado por Sérgio Graciano e tem 13 episódios. Apesar do título, 12 deles são filmados em casa do autor de Escrítica Pop, com muitos livros em fundo, e o último num restaurante.

O duo já se tinha encontrado uma vez em público, em 2014, no Famous Humour Fest, em Lisboa, para ter “Uma Conversa Previsível” na LX Factory. E é conversa, muita conversa, que vai haver em Fugiram de Casa de Seus Pais.

Conversa informal, espontânea, ao sabor do momento e das disposições, sem qualquer preparação prévia, pois foi assim que Bruno, que teve a ideia do formato, convenceu Miguel a alinhar no programa. E conversa que vai evitar os temas da actualidade, porque já há actualidade para dar e vender a toda a hora, em todas as televisões. Tanto se poderá falar, por exemplo, de amor e do Verão, como de qual a melhor postura a ter durante uma discussão em pleno trânsito.

Miguel e Bruno não querem ser só eles a ter as despesas destas 13 conversas. Por isso, terão 12 convidados, de várias gerações, profissões e sensibilidades. Tudo gente com boa conversa e geneticamente incapaz de ser aborrecida, que virá enriquecer ainda mais o programa com as suas histórias, as suas experiências e as opiniões. São eles Gisela João, Nuno Markl, Rodrigo Guedes de Carvalho, Capicua, José Avillez, Zé Pedro Gomes, Rita Blanco, Ricardo Ribeiro, Ana Bola, Mário Laginha, Júlia Pinheiro e Miguel Guilherme.

O último episódio de Fugiram de Casa de Seus Pais, o tal que se ambienta num restaurante (o Belcanto, mesmo ali ao pé do Chiado) em vez de na casa de Miguel Esteves Cardoso, será o único sem convidado. Nele, MEC e Bruno terão uma derradeira conversa e farão como que um balanço das 12 anteriores. E de certeza que a conclusão não será que tudo não passou de conversa de chacha, de verbo de encher.

RTP1. Ter. 22.45

Últimas notícias

    Publicidade