A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
jazz, trumpet
Photo: Unsplash/Chris Bair

EDP Cool Jazz só volta em 2021, com a promessa de ser “ainda mais memorável”

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Festival promete novo cartaz para breve. Os bilhetes adquiridos para a edição deste ano serão válidos em 2021.

O EDP Cool Jazz, que se realiza em Cascais, é outro dos festivais de Verão a anunciar o adiamento para o próximo ano. Estará de regresso em Julho de 2021, anunciou a organização esta quinta-feira. O cartaz ainda não é conhecido.

“É um momento em que a responsabilidade e sentido cívico são essenciais e queremos que a 17.ª edição seja ainda mais memorável. Para tal, reúnem-se condições em Julho do próximo ano para que todos possamos celebrar o festival mais cool do Verão”, escreve a organização no Facebook.

Os bilhetes vendidos para este ano, em que estavam previstas as actuações de Lionel Richie, John Legend, Herbie Hancock, Rui Veloso com Miguel Araújo, ou Jorge Ben Jor, “são válidos para a edição de 2021, não sendo necessário fazer a troca”, detalham os responsáveis.

Vários festivais e espectáculos de música têm anunciado o seu cancelamento ou adiamento para novas datas. Esta quarta-feira, o NOS Alive revelou novas datas para 2021. Os portugueses Da Weasel são a primeira confirmação do novo cartaz.

O NOS Primavera Sound, no Porto, tinha adiado a sua realização para 3, 4 e 5 de Setembro, mas com esta decisão não irá acontecer nessas novas datas previstas. O Super Bock Super Rock, o MEO Sudoeste, o Vodafone Paredes de Coura e o Vilar de Mouros são outros dos festivais que não se realizarão nas datas estabelecidas.

O Rock in Rio Lisboa foi um dos primeiros grandes eventos a alterar as datas da sua nona edição para 2021. O Festival Músicas do Mundo, em Sines, e o Boom Festival, em Idanha-a-Nova, também só se se realizarão no próximo ano.

+ Leia a Time In desta semana

Últimas notícias

    Publicidade