Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right EDP CoolJazz vai ter um dia extra com concertos solidários

EDP CoolJazz vai ter um dia extra com concertos solidários

Publicidade

Black Mamba e Churky são os nomes em cartaz para o dia solidário. Os bilhetes custam cinco euros e a receita reverte a favor da CERCICA. Às novidades juntam-se ainda as Cascais Lazy Sundays, sessões de música com entrada gratuita.

O EDP CoolJazz vai ter mais um dia do que o previsto. A data extra do festival terá lugar a 27 de Julho no Hipódromo de Cascais. Sobem ao palco o duo Black Mamba e o músico Diogo Rodrigues (Churky), vencedor do EDP Live Bands 2018. A receita da bilheteira deste dia revertá a favor da CERCICA – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais. O anúncio foi feito esta quinta-feira na Casa das Histórias Paula Rego, onde ficamos a saber que a vila terá a sua programação musical reforçada para o Verão.

Em conferência de imprensa, a CEO da Live Experiences (que organizou recentemente o ID NO LIMITS), Karla Campos, o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, e a directora de marca, patrocínios e eventos da EDP, Ana Sofia Vinhas, revelaram, além da data extra para o CoolJazz, que haverá sessões musicais gratuitas todos os domingos de Julho. As Cascais Lazy Sundays acontecerão nos jardins da Casa das Histórias da Paula Rego, com música a cargo de Rui Miguel Abreu, Isilda Sanches, João Pedro Moreira e Natasha Cabral.

Ainda no âmbito do CooJazz, os três responsáveis sublinharam a preocupação ambiental do festival. Ana Sofia Vinhas explicou que as 398 toneladas de CO2 geradas pelo EDP CoolJazz em 2018 foram entretanto compensadas pela EDP, através da substituição de combustíveis usados em três fabricas de cerâmica situadas no estado do Rio de Janeiro (Brasil).

A 16.ª edição do EDP CoolJazz conta assim com oito noites de concertos. De 9 a 31 de Julho, o Parque Marechal Carmona e o Hipódromo de Cascais servirão de palco principal a nomes como Tom Jones, Kraftwerk, The Roots, Jacob Collier, Jessie J, Diana Krall, os portugueses Best Youth e HMB, ou o britânico Jamie Cullum. Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais entre os 30€ e os 140€.

+ O festival Microsons está a chegar a Oeiras

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade