Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Em Fevereiro há 23 filmes premiados nos Óscares para ver na televisão
moonlight

Em Fevereiro há 23 filmes premiados nos Óscares para ver na televisão

Publicidade

Falamos de títulos vencedores do Óscar de Melhor Filme. Dos clássicos como Oliver! , Annie Hall ou Kramer contra Kramer aos mais recentes O Caso Spotlight ou Moonlight . No TVCine 2, o caminho para os Óscares faz-se às quintas-feiras.

Chega o novo ano e com ele a contagem decrescente para a maior cerimónia de Hollywood, que acontece a 4 de Março. Até lá, entre 1 de Fevereiro e 1 de Março, guarde as quintas-feiras para rever alguns dos filmes premiados nos Óscares. No total, são 23 os filmes a serem exibidos.

A maratona de um mês, chamemos-lhe assim, está dividida por temas (Sorriso, Amor Atribulado, Tensão, Grandes Produções e Drama Humano) e arranca já no dia 1 de Fevereiro com Não o Levarás Contigo (1938), de Frank Kapra, às 15.25. Segue-se às 17.35 Oliver! (1968), de Carol Reed; Gigi (1958), de Vincente Minnelli, às 20.00; Um Americano em Paris (1951), também de Minnelli, às 22.00; e O Apartamento (1960), de Billy Wilder, às 23.55.

A quinta-feira seguinte, 8 de Fevereiro, o dia é dedicado aos amores atribulados. Vão ser exibidos: Até à Eternidade (1953), de Fred Zinnemann; Annie Hall (1977) de Woody Allen; Kramer contra Kramer (1979), de Robert Benton; A Paixão de Shakespeare (1998), de John Madden; e Perdido em África (1985), de Sydney Pollack.

A 15 de Fevereiro o especial Óscar de Melhor Filme vira-se para a tensão e arranca com os filmes Os Incorruptíveis Contra a Droga (1971), de William Friedkin, Casablanca (1942), de Michael Curtiz. Segue-se, às 19.25, The Departed – Entre Inimigos (2006), de Martin Scorsese, e às 22.00, O Caso Spotlight (2015), Tom McCarthy.

Na semana seguinte, celebram-se as grandes produções com Um Homem para a Eternidade (1966), de Fred Zinnemann; Patton (1970), de Franklin J. Schaffner; Ben-Hur (1959), de William Wyler; Titanic (1997), de James Cameron; O Senhor dos Anéis: o Regresso do Rei (2013), de Peter Jackson; e E Tudo o Vento Levou (1939), de Victor Fleming.

Por fim, na quinta-feira, 1 de Março, o dia é dedicado ao drama humano e arranca às 15.20 com A Oeste Nada de Novo (1930), de Lewis Milestone. Segue-se A Família Miniver (1942), de William Wyler; Há Lodo no Cais (1954), de Elia Kazan; e Moonlight (2016), de Barry Jenkins. A maratona termina com O Cowboy da Meia-noite (1969), de John Schlesinger.

+ Os filmes mais esperados até aos Óscares

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade