A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Francisco Romão PereiraTerminal de Cruzeiros de Lisboa

Em Janeiro, Lisboa passa a cobrar taxa turística aos cruzeiros

Operadores de navios vão pagar dois euros por cada passageiro que desembarcar na cidade.

Escrito por
Rute Barbedo
Publicidade

Os que chegam a Lisboa em navios de cruzeiro têm sido a excepção quanto ao pagamento de taxa turística, mas só até ao final deste ano. Em Janeiro de 2024, Lisboa vai cobrar dois euros por cada passageiro que desembarcar na cidade, tal como já acontece com os restantes turistas desde 2019 (ano em que a taxa subiu de um euro, depois de ter sido instituída por Fernando Medina, em 2016). A informação foi avançada ao Público pela Administração do Porto de Lisboa (APL), que diz estar a finalizar um protocolo com a Câmara Municipal de Lisboa (CML). Estima-se que a medida possa resultar numa receita fiscal de 1,2 milhões de euros por ano.

A aplicação da taxa turística é perseguida pela autarquia há vários anos, mas sem sucesso. O presidente da CML, Carlos Moedas, tem manifestado repetidamente insatisfação quanto à inacção dos operadores, mostrando total desacordo em relação à ausência de cobrança da taxa aos viajantes de cruzeiro, pela desigualdade da situação face aos restantes turistas. Por sua vez, o Porto de Lisboa alega que o pagamento da taxa não aconteceu antes “por razões que tiveram que ver com algumas dificuldades operacionais na sua cobrança e que culminaram numa pandemia, que paralisou totalmente a actividade, durante perto de dois anos”, declarou a administração àquele jornal.

+ Quase 40% das licenças de alojamento local em Lisboa serão canceladas

+ Parques e Monumentos de Sintra passam a ser gratuitos aos domingos e feriados

Últimas notícias

    Publicidade