A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Amália Rodrigues
©Rob Mieremet (ANEFO)Amália Rodrigues na Holanda, em 1969

“Ensaio de exposição” mostra relação dos media com Amália Rodrigues

Inaugura esta sexta-feira na Fundação Portuguesa das Comunicações (FPC) a exposição “Amália e os Média – um ensaio”, sobre a importância dos media no percurso artístico de Amália Rodrigues.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

A Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações tem uma nova galeria e inaugura hoje, sexta-feira, a primeira exposição – embora a organização explique que é mais um “ensaio de exposição” e um “work in progress”. Feita em parceria com a Fundação Amália Rodrigues e a Valentim de Carvalho, “Amália e os Média – um ensaio” mostra aos visitantes a evolução dos meios que gravaram a voz de Amália Rodrigues ao longo da sua carreira, tecnologias que mostraram “a voz de Portugal” a todo o mundo, entre equipamentos de estúdio usados nas gravações de Amália e aparelhos audiovisuais.

Na galeria também pode ver um conjunto de recortes de jornais que testemunham a dimensão e a presença da fadista na imprensa nacional e internacional, além de fotografias, edições discográficas com inéditos pelo meio, cartazes de espectáculos, entre outros. Para ver até 7 de Dezembro no piso do Museu das Comunicações, da FPC.

A exposição faz parte das Comemorações do Centenário do Nascimento de Amália Rodrigues, que tiveram abertura oficial a 1 de Julho e vão decorrer até 2021. O legado da fadista será celebrado em espectáculos ou iniciativas de diversas áreas – a música, a poesia, o teatro, o cinema ou a dança. A programação completa pode ser consultada aqui.

Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações - Rua do Instituto Industrial, 16 (Santos). Seg-Sex 10.00-18.00, Sáb 14.00-18.00. Entrada livre.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Roteiro: à descoberta de Amália Rodrigues por Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade