A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Mosteiro dos Jerónimos
Fotografia: Arlindo CamachoMosteiro dos Jerónimos

Entrada gratuita nos museus, monumentos e palácios da DGPC reduzida para domingos de manhã

Os cidadãos residentes em Portugal passam a ter apenas as manhãs de domingo para entrar gratuitamente nos espaços tutelados pela Direcção-Geral do Património Cultural.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) anunciou na passada sexta-feira que a gratuitidade de acesso aos museus, monumentos e palácios sob a sua tutela volta a estar reduzida aos domingos e feriados até às 14.00, na sequência da entrada em vigor da lei que aprova o Orçamento de Estado para 2022.

E boa parte destes museus, monumentos e palácios tem morada em Lisboa, como é o caso do Mosteiro dos Jerónimos, Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Museu Nacional de Arte Antiga, Museu Nacional de Etnologia, Museu Nacional Resistência e Liberdade, Museu Nacional de Arqueologia, Museu Nacional de Arte Contemporânea, Museu Nacional do Azulejo, Museu Nacional do Traje, Museu do Tesouro Real, Palácio Nacional da Ajuda, Museu Nacional do Teatro e da Dança, Museu Nacional dos Coches, Museu de Arte Popular, Panteão Nacional e Torre de Belém.

Foi em 2021 que a lei orçamental ditou um prolongamento das entradas gratuitas para residentes durante todo o dia, aos domingos e feriados. Até então, as entradas gratuitas nestes espaços tinham o mesmo horário que agora volta a entrar em vigor, uma medida implementada em 2017. Até então, e desde 2011, a entrada gratuita fazia-se apenas no primeiro domingo de cada mês.

+ Dez anos de Garagem Sul com três dias de programação gratuita

+ Festival ao Largo comemora os 200 anos da independência do Brasil

Últimas notícias

    Publicidade