A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Escama
DREscama

Escama demarca-se de declarações misóginas e afasta sócio do restaurante

Pedro Silva Carvalho disse à Time Out que “as mulheres são muito conflituosas a trabalhar em restauração”. O comentário suscitou duras críticas nas redes sociais.

Escrito por
Teresa David
Publicidade

Pedro Silva Carvalho deixou de ser sócio do Escama. "Não podemos tolerar que um dos nossos partilhe de ideias tão contrárias ao princípio da igualdade", afirmam os restantes responsáveis do restaurante da Parede, em Cascais. Em causa estão declarações de Pedro Silva Carvalho à Time Out, publicadas esta quarta-feira, em que o empresário defendia que "os homens são mais eficazes a trabalhar em restauração", por oposição às mulheres, que dizia que "são muito conflituosas". As acusações de machismo não se fizeram esperar.

A resposta do Escama surgiu ao fim da manhã desta sexta-feira. Num comunicado não assinado publicado no Instagram, "toda a equipa do restaurante apresenta as suas sentidas desculpas" pelas "declarações misóginas" de Pedro Silva Carvalho, comprometendo-se a "promover um ambiente inclusivo para todos e todas".

"Pedro Silva Carvalho expôs uma convicção pessoal e individual relativamente à posição das mulheres, e aos respectivos desempenhos, na área da restauração. Numa entrevista em que o mesmo deveria estar a representar o Escama e a apresentar a visão de um negócio de restauração que tem como objectivo criar uma experiência única e positiva para o cliente, Pedro Silva Carvalho expressou a sua opinião – uma que o Escama não partilha", aponta o comunicado.

No dia em que Time Out visitou o espaço, questionado por o restaurante ter uma equipa inteiramente masculina, Pedro Silva Carvalho justificou-se assim: “Não sou apologista de mulheres a trabalhar em restauração”. “Sem querer ferir susceptibilidades, os homens são mais eficazes a trabalhar em restauração”, continuou. “Não quer dizer que não [venha a ter mulheres a trabalhar], aquilo que queremos, logicamente, é ter uma equipa coesa independentemente do sexo, se é homem ou mulher. Já estive responsável por muitas, muitas pessoas, e as mulheres são muito conflituosas a trabalhar em restauração, porque isto é um trabalho desgastante, e não é fácil a longo prazo gerir certas coisas. Espero que não leve a mal estar a dizer isto: nós, homens, pela experiência que eu tenho, lidamos com as coisas de uma forma diferente, não nos deixamos ferir tão facilmente.” 

Dois dias após ter sido publicado o artigo da Time Out, em que se transcreviam essas declarações, e depois de duras críticas no Instragram, no Facebook e no Twitter, o Escama decidiu afastar o até agora sócio do restaurante. "Queremos deixar claro que o restaurante Escama e a sua equipa não se identificam minimamente com o tipo de ideologia e pensamento machista demonstrados no artigo da Time Out, ou de outra índole opressora", lê-se no comunicado. "Posto isto, Pedro Silva Carvalho foi afastado do projecto a partir desta sexta-feira, dia 9 de Setembro de 2022. No Escama somos fortes apoiantes da igualdade de género e, como tal, não podemos tolerar que um dos nossos partilhe de ideias tão contrárias ao princípio da igualdade."

"Não fugimos ao sucedido. Pelo contrário, o Escama age em conformidade e compromete-se a continuar a trabalhar incansavelmente, de modo a promover um ambiente inclusivo para todos e todas – tanto no que diz respeito à nossa prezada clientela, como também nas nossas próprias fileiras." O comunicado termina tentando voltar a pôr o ónus na comida: "A esta recomposição alia-se a qualidade gastronómica e de serviço por que o Escama já é conhecido. Queremos provar que continuamos merecedores da vossa visita, tal como de todos os ótimos comentários e avaliações que sempre tivemos."

O Escama abriu há cerca de quatro meses no espaço do antigo Dom Pepe, na Parede. Trata-se de uma marisqueira de autor, com os clássicos de sempre e alguns pratos a piscar o olho ao fine dining. 

+ Marlene Vieira: “Ninguém me vai dizer onde é que é o meu lugar”

+ Vítor Sobral não brinca em serviço

Últimas notícias

    Publicidade