A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Staircase
HBO MaxThe Staircase

Esta série com Colin Firth é uma escadaria para o inferno

‘The Staircase’ promete questionar tudo aquilo que julgamos saber sobre a morte de Kathleen Peterson, e a condenação do marido e escritor Michael Peterson.

Editado por
Hugo Torres
Escrito por
Maria João Alexandre
Publicidade

As séries baseadas em factos reais são uma tendência e esta quinta-feira, 5 de Maio, a HBO alarga o leque de opções com mais um título do género. The Staircase dramatiza a história de um caso muito mediático em 2001, o da queda fatal de Kathleen Peterson (aqui interpretada por Toni Colette) nas escadas de casa. A morte foi reportada pelo marido, o escritor Michael Peterson (Colin Firth), que por ser o único em casa aquando do alegado acidente, foi investigado como suspeito de homicídio. Mas nem tudo é o que parece, e toda a gente tem segredos. Segredos esses que ao longo da série vão sendo revelados.

A família é grande: Todd (Patrick Schwarzenegger) e Clayton (Dane DeHann) são filhos do primeiro casamento de Michael, Caitlin (Olivia DeJonge) é filha do primeiro casamento de Kathleen, e Margaret (Sophie Turner) e Martha (Odessa Young) são irmãs adoptadas. Rapidamente se percebe a dinâmica entre os irmãos: Todd e Clayton vivem numa constante competição para agradar ao pai, Margaret e Martha têm uma relação complexa e única, e Caitlin vira as costas à familia pelo que considera ter sido o assassinato da mãe.

Michael Peterson acaba por ser acusado – e condenado. Durante o julgamento, uma equipa de reportagem acompanhou os Peterson, especialmente o escritor, para realizar um documentário sobre o processo, filmando as audiências e os dramas familiares à medida que iam acontecendo. E foi através desse documentário que o produtor Antonio Campos (The Devil All the Time) conheceu a história, transformando-a agora em série dramática com Maggie Cohn, também produtora.

A dupla de produtores participou em meados de Abril numa conferência de imprensa virtual de apresentação da série, que a Time Out acompanhou, e falou sobre o apelo do true crime e de como The Staircase se distingue de outras propostas do género. “True crime procura soluções, saber quem é culpado, quem é inocente, e procura de um desfecho. Aqui, tentamos mostrar que não existe uma verdade única”, disse Maggie Cohn. Antonio Campos acrescentou: “Não existe mais nenhuma história que nos permita explorar o género como esta. E o Michael Peterson é uma personagem complicada, impenetrável, o que é bastante importante nesta história, e é algo que funciona para o que queríamos fazer.”

Os produtores e alguns dos actores tiveram acesso à documentação do caso, alguns dos quais chegaram a ter contacto com as pessoas que representaram. Foi o caso de Michael Stuhlbarg, que interpretou o papel de David Rudolf, o advogado de Peterson. O actor viu as fotografias das autópsias realizadas e o resto da documentação, o que por norma costuma ficar para a imaginação dos intérpretes. Stuhlbarg conversou e privou com o advogado, percebendo quem ele era verdadeiramente e transpondo isso para a sua personagem.

Representar personagens reais foi um dos grandes desafios para a maioria dos actores. Sophie Turner disse na mesma conferência de imprensa que é necessário ter uma grande sensibilidade e respeito para com a pessoa que se interpreta. E claro que, durante os sete meses de gravação, a equipa especulava se Michael tinha ou não assassinado a mulher, ou tentavam desvendar quem a tinha matado, embora alguns dos actores não se tenham focado tanto nesse aspecto. Dane DeHann, por exemplo, considerava mais importante perceber a sua personagem, e a forma como ele pensa, do que desvendar o caso.

Esta série diferencia-se também pela importância e destaque dados a Kathleen. Normalmente, a vida e a personalidade da vítima são descuradas em prol da narrativa, mas aqui Campos e Cohn decidiram que era essencial conhecermos quem foi Kathleen Peterson. “Sabíamos desde o início que ela ia morrer nas escadas, mas era importante perceber como é que isso tinha acontecido e quem era essa pessoa”, sublinhou Maggie.

The Staircase é mais do que um drama criminal, é um drama familiar. Com saltos temporais subtis podemos ver imagens do julgamento, do tempo em que Kathleen era viva, e o que veio depois da azáfama dos tribunais. No dia da estreia, são lançados três episódios em simultâneo. Os restantes cinco serão disponibilizados semanalmente.

HBO. Qui (estreia)

+ 'Shining Girls': quando a vítima vai à caça do predador

+ Autorretrato de Rembrandt está no Museu Gulbenkian até Setembro

Últimas notícias

    Publicidade