A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
funky chunky
César Passinhas

Estas cookies não são perfeitas, são Funky Chunky

Nova marca de bolachas artesanais com vários recheios faz entregas em Lisboa. Encomendas são através do Instagram.

Por
Ines Garcia
Publicidade

Sofia Pontifex assume-se como uma “chocólatra nata”. Durante a quarentena, quando estávamos todos a precisar de elevar os nossos níveis de açúcar para aguentar estarmos enfiados em casa, percebeu que não havia nenhuma marca de cookies em Portugal que a satisfizesse por completo. Assim nasce a Funky Chunky, especialista em “imperfect cookies”.

“Notei que aqui os cookies sempre tinham um papel secundário, em bares e restaurantes, ou então eram servidos para acompanhar um café. Daí surgiu a vontade de criar uma loja em que os cookies fossem os verdadeiros protagonistas”, conta Sofia. São bolachas com um aspecto tosco – mesmo a pedir que se esforce a encontrar um bom ângulo para a foto – mas a valer tudo a pena. Com exterior crocante e interior cremoso. 

Há vários sabores e formatos – cookie sandwiches, cookie shots, cookie pie, packs de congelados para assar em casa ou as tradicionais. À escolha há sabores como o chocolate branco e preto (1,80€), chocolate e nozes (2€), brigadeiro (2€), doce de leite (2€), oreo (2€), nutella e banana (2€) ou pistácio (3€). 

funky chunky
César Passinhas


Se entrar na conta de Instagram da marca, vai notar que existem indicações para compra tanto em São Paulo, no Brasil, como em Lisboa. Na realidade, Sofia começou a vender as bolachas na cidade brasileira. “O meu plano era abrir primeiro aqui em Lisboa. Mas entretanto, com o coronavírus, acabei por ir para São Paulo para ficar com a minha família e com tanto tempo livre decidi desenvolver mais a sério o projecto dos cookies”, explica. Surgiu então a possibilidade de fazer uma parceria com o Cinerama Gourmet, que faz entregas de pipocas gourmet e doces, e começou a venda por lá. Assim que voltou para Lisboa, focou em começar a assar e vender bolachas por cá o mais depressa possível.

Pode encomendar directamente com Sofia através do Instagram (a taxa de entrega varia de acordo com a morada) com um dia de antecedência e esperar que lhe cheguem a casa ainda quentinhas – é o melhor momento para as comer, embora fiquem boas durante os três dias seguintes – ou espreitar alguns pontos de venda que já têm, como o Quiosque das Amoreiras, Universidade Europeia ou IPAM. A partir de Novembro entram na Uber Eats. Preço: a partir de 1,80€. @funkychunkycookies

+ As melhores cookies em Lisboa 

+ Leia aqui, grátis, a Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade