Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Estas janelas medievais em Itália estão a ser utilizadas para servir bebidas e gelados sem contacto
Wine Windows in Tuscany
Photograph: Simona Sirio/Shutterstock.com

Estas janelas medievais em Itália estão a ser utilizadas para servir bebidas e gelados sem contacto

As minúsculas janelas antigas, exclusivas da Toscana, foram originalmente usadas durante a peste italiana.

Publicidade

Antigamente – e por "antigamente" referimo-nos à década de 1630, quando Itália estava a combater a peste os comerciantes de vinho italianos inventaram uma forma original de continuar a vender produtos, sem entrar em contacto com os clientes. As chamadas buchette del vino ou "janelas de vinho" são pequenas aberturas nas laterais dos edifícios onde as bebidas podem ser compradas de uma forma socialmente distante e sem contacto.

"Passavam o frasco de vinho pela janela, para o cliente, mas não recebiam o pagamento directamente nas mãos. Em vez disso, era passada uma palete de metal para o cliente colocar as moedas e, de seguida, o vendedor desinfectava-as com vinagre antes de lhes tocar", diz a Associazione Buchette del Vino.

View this post on Instagram

A post shared by Buchette del Vino (@buchettedelvino) on

As janelas, que são exclusivas da zona Toscana (só em Florença, existem mais de 150 janelas destas), são protegidas devido à sua história. Agora, e devido à pandemia, estão a voltar a abrir para uma nova vida.

Alguns negócios reabriram estas antigas janelas de vinho e começaram a utilizá-las, pela primeira vez, para servir gelados, cafés e até Aperol spritzes de forma segura e sem contacto.

View this post on Instagram

A post shared by OsteriadelleBrache_Firenze (@osteriadellebrache_firenze) on

"Durante este período de confinamento, devido à Covid-19, os proprietários da janela de vinho na Via dell’Isola delle Stinche, na gelataria Vivoli em Florença, reactivaram a sua janela para dispensar cafés e gelados, mas não vinho. Duas outras janelas próximas, a da Osteria delle Brache na Piazza Peruzzi e a da Babae na Piazza Santo Spirito, fizeram-nos voltar atrás no tempo ao serem utilizadas para o seu propósito original, a venda de vinho com distanciamento social", diz a ABV.

View this post on Instagram

A post shared by OsteriadelleBrache_Firenze (@osteriadellebrache_firenze) on

É, certamente, uma forma original de contornar a nossa situação actual. Para aqui vai ser uma bola de gelato al pistacchio, por favore.

+ À procura da próxima aventura? O Evereste vai reabrir em Setembro

+ Praça em Helsínquia foi transformada num restaurante gigante ao ar livre

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade