A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
descobre as diferenças
Fotografia: Rúben Pimenta

Este jogo ajuda-o a redescobrir Lisboa

O desafio bateu à porta numa caixa, mas leva-o até lá fora, a descobrir as diferenças. Está pronto para matar saudades da famosa luz da capital?

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

Levantar o rabo do sofá, juntar a família e partir à descoberta de uma Lisboa sem turistas. O desafio é de Rúben Pimenta e João Pedro Ramos, que se reinventaram depois de ver o seu negócio de alojamento local sofrer o impacto da pandemia. Primeiro fizeram nascer o Do Campo à Casa, um serviço de entregas ao domicílio de produtos frescos e mercearia. A seguir tiveram “a ideia”: criar um jogo de rua. O Descobre as Diferenças é um jogo para dizer adeus à vista da janela e olá aos passeios pela zona históricas da cidade.

Tudo começa numa caixa que chega a casa com dez cartões com diferentes fotografias da cidade de Lisboa. Todas as imagens foram manipuladas, não se deixe enganar já. No verso têm um número, o local onde foram tiradas, uma pergunta e muitas curiosidades.

Há três modalidades de jogo, mas o principal objectivo é pô-lo a andar e a descobrir as diferenças: são cinco em cada cartão, meia centena ao todo. “Os resultados estão no site, no separador da Batota”, revela Rúben, entre risos. “O acesso faz-se através de um código.” Resumindo: só precisa de uns bons ténis, protecção contra o sol e um caderno de campo. Se acrescentar água e snacks, garante a hidratação adequada e, por que não, a oportunidade de piquenicar a meio. É sucesso garantido com os miúdos.

“Fizemos uma parceria com uma florista para o Dia da Mãe e passámos muito naturalmente a oferecer flores no serviço de entregas. Queríamos fazer o mesmo para assinalar o Dia da Criança: ter um produto pensado para a efeméride. Como eu e o João sempre fizemos campos de férias, lembrei-me de muitas das actividades realizadas nesse contexto”, esclarece Rúben Pimenta. “Quando fiz o percurso para tirar as fotografias, senti-me privilegiado por ter as paisagens de Lisboa praticamente só para mim.”

Além de ter posto as suas capacidades de fotógrafo à prova, Rúben também foi responsável por alterar as imagens no Photoshop e desenhar a caixa, com um Galo de Barcelos beijoqueiro e preparadíssimo para “sair à rua e ver a cidade com outros olhos”. Já João, apaixonado por História, não só criou os percursos como desencantou as perguntas, factos e curiosidades sobre os monumentos e locais de interesse, como o rosto de Amália Rodrigues esculpido na Calçada do Menino de Deus. “A Margarida, que também trabalha connosco, desenvolveu a parte gráfica da folha de instruções”, acrescenta Rúben.

Caixa na mão, material a postos, é hora de nos armarmos em Dora, a Exploradora. Sem pressas, é possível ignorar o verso dos cartões e abraçar o desafio acrescido de tentar adivinhar em família o local onde as perspectivas foram fotografadas (ou perguntar, com a devida distância, às pessoas com que se cruzar na rua). Mas a forma mais simples e rápida, para demorar cerca de hora e meia se der corda aos sapatos, é seguir o percurso proposto, da Graça à Ribeira das Naus, com recurso a um QR Code para uma ajuda extra do Google Maps.

Para mais animação, só mesmo uma competição amigável, com duas caixas ou dividindo os cartões pares e ímpares por cada equipa. Ganha quem chegar primeiro ao último local com o maior número de diferenças assinaladas correctamente. Preparado? Partida, lagarta – desculpe: largada –, fugida.

+ Para se divertir com estes jogos só precisa de papel e caneta

Últimas notícias

    Publicidade