A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Manel e Chico descobrem o Teatro Romano
Ilustração de Francisca Ramalho

Este livro convida as famílias a descobrir o Teatro Romano

Conhece a história conturbada da descoberta do teatro romano no longínquo ano de 1798? Bruno Magina revela tudo com o seu novo livro infanto-juvenil. O lançamento tem entrada livre.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Em 1798, Manel e Chico descobriam, em Lisboa, as ruínas de um Teatro Romano, o que gerou um grande desentendimento. Mas, afinal, o que é que aconteceu exactamente? É o que Bruno Magina quer desvendar com o seu novo livro, Manel e Chico descobrem o Teatro Romano, que será apresentado a 22 de Maio, às 16.00, no Museu de Lisboa – Teatro Romano.

“Não se trata de uma biografia romanceada, de um romance histórico ou de uma viagem no tempo, mas um pouco de tudo isso”, conta o lisboeta de 36 anos, que se estreou na publicação literária em 2014, com A Vila das Cores. O conto, sobre a adopção por casais do mesmo sexo, encontra-se recomendado no Plano Nacional de Leitura para Apoio a Projectos de Educação para a Cidadania. Já este novo livro resulta da sua pós-graduação em Estudos do Património e da colaboração com museus.

“Alguém sugeriu que eu deveria fazer um livro infanto-juvenil sobre as ruínas deste importante edifício da cidade romana. Sempre declinei a ideia por achar que não tinha nada a dizer ou a acrescentar”, confessa o autor, que só em Abril de 2018, por altura dos 220 anos da descoberta do Teatro Romano de Lisboa, começou a pensar no assunto mais a sério. Desde o Verão de 2017 que trabalhava no Museu de Lisboa, onde é actualmente Técnico de Museologia e Património, e estar “rodeado por todas as pedras e peças aí encontradas e expostas” despertou o bichinho da escrita de tal forma que foi impossível resistir-lhe.

Editado pela EGEAC, Manel e Chico descobrem o Teatro Romano destina-se mais uma vez ao público infanto-juvenil e conta com ilustrações de Francisca Ramalho. Se quiser assistir ao lançamento de entrada livre, basta inscrever-se através de e-mail (reservas@museudelisboa.pt) ou por telefone (215 818 530). O livro, que custará 10€ na apresentação, estará disponível por 12€ a partir de final de Maio nas lojas do Museu de Lisboa.

Autor de outros dois títulos, Viagem a Coimbra e Sete Dias de Verão, Bruno Magina foi vencedor das Bolsas Jovens Criadores 2015, dos Much More Awards 2015-2016 e dos Prémios Time Out Lisboa 2016. É também criador do projecto Tu Desenhas, Eu Escrevo.

Rua de São Mamede, 3A (Alfama). Sáb (22 de Maio) 16.00. Entrada livre, mediante inscrição.

+ Estante Time Out: As melhores sugestões de livros

+ Leia já, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade