A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cerveja, Fábrica, Musa, Esplanada, Cerveja Artesanal
©Gabriell VieiraFábrica Musa

Fábrica da Musa despede-se do Estado de Emergência com pequeno-almoço

No Dia do Trabalhador, a Musa de Marvila celebra "A Resistência dos Pequenos-Almoços" com um menu criado por Pedro Monteiro e Octávio Delmonte.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

Depois de se celebrar Abril, festeja-se o Dia do Trabalhador no arranque de Maio. Na Fábrica da Musa, em Marvila, os pequenos-almoços que ali tiveram lugar nos últimos meses de 2020 “foram históricos” e contribuíram para que a cervejeira se mantivesse de braços erguidos durante a pandemia. Agora, no primeiro de Maio, no último fim-de-semana com restrições de horários de funcionamento para o comércio, o pequeno-almoço da Musa está de volta. Entre as 9.30 e as 13.00, “A Resistência dos Pequenos-Almoços” está de volta à zona oriental da cidade.

“Trabalhámos juntos e fizemos das tripas coração para fintar horários absurdos e para dar a volta aos dias em que tivemos que trancar os portões. (...) Sábado é o dia do trabalhar e provavelmente o último com restrições de horários (façamos muitas figas a isso) e, como tal, decidimos aproveitar a história para acabar esta história. Venham celebrar connosco o 1.º de Maio e ouvir o crepitar da fábrica logo pela fresquinha”, escreve a cervejeira na página de Instagram.

O menu, preparado por Pedro Monteiro, chef residente, e Octávio Delmonte, seu braço-direito, tem cinco pratos. Feijão-verde grelhado, carapaus em escabeche e pão grelhado, sandes de barriga de porco fumada com agrião e ameixa, sando frita com molhanga, pão de alho ou espetadas de porco e coração são as iguarias pensadas para o cardápio.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Time Out Lisboa volta às edições em papel 

Últimas notícias

    Publicidade