A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
desporto
Fotografia: Braden Collum/ Unsplash

Festival de Cinema de Desporto vai pôr-nos a correr para o São Jorge

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

É atleta ou fã de exercício físico? Ou gosta de ver, mas mexer está quieto? Seja qual for o perfil, vai gostar de saber que, durante quatro dias, as salas do Cinema São Jorge vão estar ocupadas com a programação do Festival de Cinema de Desporto. Além de curtas-metragens, haverá mesas redondas e até sessões de entrada livre.

Não é uma olimpíada, mas podia ser. O Festival de Cinema de Desporto, que se realiza entre 4 e 7 de Março, promete promover os valores e a cultura desportiva através da exibição de filmes que inspirem e motivem as pessoas para uma prática desportiva consciente e acessível a todos. A missão é da UESPT Portugal, uma ONG europeia para o desporto social, que organiza este evento em parceria com o Cinema São Jorge, onde poderá assistir a curtas-metragens, exposições, momentos culturais, mesas redondas e painéis.

A cerimónia de abertura está marcada para 4 de Março, às 20.30 (Sala 3), com uma apresentação de filmes institucionais. Mas o festival começa mais cedo, às 15.00 (Sala 2 e 3), com a exibição de três curtas-metragens, no âmbito da Mostra Desporto e Sociedade. A partir das 18.00 (Sala 3), decorrem actividades paralelas no foyer do 1.º andar, seguindo-se um painel de homenagem aos Jogos Olímpicos de Tóquio, que promete contar com presença de atletas olímpicos. À noite, às 21.00 (Sala 3), poderá assistir a mais duas curtas-metragens na sessão de abertura: “Radar, um Time! Uma Nação!” (2019), sobre o precursor do futebol feminino no Brasil; e “Running in North Korea” (2019), que revela a jornada de duas atletas olímpicas que viajam a Pyongyang para participar da anual Maratona do Prémio Mangyongdae.

No dia seguinte, 5 de Março, o festival tem início às 15.00 (Sala 3), com a exibição de quatro curtas da Mostra CineFoot Portugal, que volta a ocupar o ecrã às 21.00, com mais cinco fitas. Entre as propostas, destaca-se “Futebol Feminino: um produto anexo” (2018) e “O Sonho Americano” (2019), para ver na primeira e na segunda sessão respectivamente. Haverá ainda duas mesas redondas dedicadas ao futebol feminino (16.30, Sala 3) e à produção audiovisual sobre desporto (18.00, Sala 3), antes da exibição de três curtas da Mostra FCD TV: “Fé de Braga: Melinha” (2019), sobre uma das adeptas mais carismáticas do SC Braga; “Mar Sonoro” (2019), sobre duas histórias de surf adaptado; e “Jardel”, sobre o roupeiro da equipa principal do FC Porto.

Já a 6 de Março, há uma sessão da Mostra Desporto e Sociedade (15.00, Sala 3), uma mesa redonda dedicada à inclusão social no desporto (16.30, Sala 3), uma sessão da Mostra FCD TV (19.00, Sala 3), um momento cultural (20.30, foyer) e uma mostra especial “Desporto para Todos nas Cidades”, com a exibição de uma curta sobre Odivelas, a Cidade Europeia do Desporto em 2020, e a vida de Tokio Mao, ex-piloto kamikaze que sobreviveu e começou a praticar karaté.

No último dia, 7 de Março, o festival começa com um painel de desporto, cultura e turismo (15.00, Sala 2), seguindo-se um momento cultural no foyer (17.00) e a cerimónia de encerramento na Sala 3, com entrega de prémios (17.30) e uma última sessão de cinema (18.30).

Os bilhetes, disponíveis apenas nas bilheteiras do Cinema São Jorge, custam entre 3€ (adultos) e 1€ (menores de idades). Para grupos, é possível adquirir dez bilhetes por 20€, com as sessões de abertura e encerramento incluídas. Há também sessões gratuitas com levantamento no próprio dia.

Cinema São Jorge. Qua-Sáb 15.00. 3€-1€. 

+ Odeia ginásios? Experimente treinar ao ar livre em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade