Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Festival Iminente realiza-se em Setembro em formato alternativo
Iminente 2018
©Nash Does Work/Iminente

Festival Iminente realiza-se em Setembro em formato alternativo

Evento com curadoria de Vhils vai realizar-se em moldes diferentes do habitual no Panorâmico de Monsanto.

Publicidade

Este ano, o Festival Iminente não se irá realizar nos moldes habituais, adaptando-se às condicionantes de segurança sanitária para a prevenção da propagação do vírus. Mas está prevista para Setembro a inauguração de uma exposição semipermanente, assim como workshops, debates e concertos, sempre respeitando as regras impostas pela Direcção-Geral de Saúde.

De acordo com a Lusa, na quinta-feira será assinado um protocolo entre a autarquia de Lisboa e a produtora do festival no valor de 250 mil euros para apoiar a realização do evento nos novos moldes.

Segundo o texto da proposta que será discutida esta quinta-feira, “o Festival Iminente de 2020 irá articular com as comunidades locais mais distantes dos habituais espaços de fruição cultural, promovendo o recolhimento e minimização de deslocações, a realização de uma obra colaborativa por forma a assegurar o total envolvimento da comunidade na programação, implementação e usufruto do festival”.

A Iminente – Produções, Música e Arte deverá elaborar um novo programa para a edição deste ano, tendo em conta todas as restrições implementadas devido à pandemia, no prazo de 20 dias a contar da data de aprovação do documento.

Em Abril, o festival com curadoria do artista Vhils realizou uma edição online, na qual angariou perto de 26 mil euros que foram entregues a dois hospitais de referência na resposta ao coronavírus. 

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade