A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Jardins Abertos
Aline Macedo/Jardins AbertosJardim do Palacete de São Bento

Festival Jardins Abertos volta na Primavera para contar histórias verdes num formato híbrido

O festival volta a ser repartido por dois fins-de-semana. A organização prevê lançar em breve alguma da programação do evento.

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Apesar de a pandemia ter trocado as voltas à organização em 2020, não houve quem baixasse os braços e a equipa do Festival Jardins Abertos fez acontecer duas edições ainda assim. A primeira deste ano acontece nos fins-de-semana de 22 e 23 e 29 e 30 de Maio, e vem celebrar a Primavera.

À semelhança das edições de Julho e Outubro de 2020, o festival Jardins Abertos prevê uma edição primaveril também ela híbrida, ou seja, com formato presencial e digital simultâneo, “caso não haja alterações ao plano de desconfinamento”, refere a organização. Muito pouco se sabe ainda sobre esta próxima edição, apenas que as novidades vão sendo anunciadas nas redes sociais do evento ao longo dos próximos tempos.

O projecto, promovido por profissionais da cultura, botânica e sustentabilidade, quer difundir o conhecimento da natureza em ambiente urbano e sensibilizar o público para a preservação dos espaços verdes.  

Até que cheguem novidades sobre a programação futura, pode sempre consultar o site do Jardins Abertos e visitar a exposição “#naohaervasdaninhas”, de Fernanda Botelho e Nuno Antunes, uma mostra fotográfica que é um movimento de apoio às mal-amadas “ervas daninhas”, ou “#palmeirasperdidas”, uma homenagem às palmeiras de Lisboa. Se estiver em Lisboa, pode descobrir e explorar dez curiosidades botânicas e os locais onde as encontrar na cidade. 

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade