A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Quinta da Ribafria
PeriferiasQuinta da Ribafria, em Sintra

Festival Periferias volta a dar voz aos músicos emergentes em Sintra

O festival de artes performativas está de volta com concertos ao ar livre, na Quinta da Ribafria. A entrada é gratuita.

https://media.timeout.com/images/105796494/image.jpg
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O Festival Periferias, organizado pelo Chão de Oliva, regressa este mês a Sintra, após uma série de espectáculos online, e sai à rua para celebrar o Verão. Entre 30 de Julho e 1 de Agosto, a Quinta da Ribafria receberá vários talentos locais. A programação contempla concertos gratuitos ao ar livre, onde poderá ouvir diferentes sonoridades, desde o fado ao hip-hop e da pop à música tradicional.

“Num momento desafiante e instável para os artistas portugueses, achámos importante apoiar os músicos emergentes do município, muitos deles sem trabalho, e dar-lhes a oportunidade de mostrar o seu talento”, explica Nuno Correia Pinto, director artístico do Chão de Oliva – Centro de Difusão Cultural.

Com entrada livre, o evento arranca a 30 de Julho, pelas 18.00, com um set de DJ Susi. Ao fim de uma hora, a partir das 19.00, ouve-se a pop electrónica de Kactoslitos. Após uma pausa para animação, o dia termina ao som do hip-hop do projecto GraveComClave, que junta Aniana, Baessa, Cadi, Content Pro e Xaval.

No dia seguinte, o aquecimento volta a ficar a cargo de DJ Susi, antes de o cantor pop João Reis Pedreira subir ao palco. E a partir das 20.00 actua Senhora do Ó. Também no sábado, 31, vai ser possível assistir à peça Palavras do Jó, do grupo brasileiro Dragão 7, na Casa de Teatro de Sintra. O início está marcado para as 21.00. 

Sendo o teatro a génese do festival, Palavras do Jó não é a única peça programada. No domingo, 1 de Agosto, às 16.00, as famílias com crianças são convidadas a assistir ao Portal Encantado, dos mesmos Dragão 7, sobre a história da criação do Universo, desde o surgimento das estrelas e galáxias até à humanidade.

A música volta a ouvir-se a partir das 18.00 do mesmo dia, com o DJ Susi a abrir a pista. Seguem-se concertos da fadista Jaqueline Carvalho, de MariaSilva, e de Vozes de Sintra, um projecto comunitário criado por jovens universitários, com o apoio do Chão de Oliva.

Após esta edição de Verão, o festival deverá voltar a sair à rua no Outono e no Inverno, altura em que abrirá de novo as cortinas das salas de espectáculo com programação em sala. Por agora, o melhor é assegurar reservas para os concertos por telefone (219 233 719), uma vez que a lotação do espaço é limitada.

+ MIL troca o Cais do Sodré pelo Hub Criativo do Beato em Setembro

+ A nova edição da Time Out Lisboa já está nas bancas

Últimas notícias

    Publicidade