A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cinema São Jorge
Fotografia: Cinema São Jorge

Festival Política debate "Fronteiras" com teatro, poesia, cinema e conversas

Este ano, o festival quer pensar o impacto das fronteiras e como actuam como barreiras físicas, psicológicas e, claro, políticas na inclusão das pessoas na comunidade.

Sebastião Almeida
Escrito por
Sebastião Almeida
Publicidade

Discutir, gerar consciência cívica, individual e colectiva. São estes os compromissos do Festival Política, que está de regresso ao Cinema São Jorge, em Lisboa, entre 22 e 25 de Abril.

“Fronteiras” será o tema desta quinta edição, debatido através do teatro, da poesia, do cinema e de outras expressões artísticas. Claro está que também haverá espaço para o debate político.

“Entendidas como barreiras físicas, psicológicas e políticas, que se apresentam como entraves à inclusão das pessoas no território ou na comunidade”, as fronteiras são o fio condutor de quase 20 actividades gratuitas.

Em destaque na extensa programação do festival, está a sessão de stand up (24 Abr, 11.00) do humorista Carlos Pereira, que reflecte sobre as “discriminações e direitos humanos” através do humor; Fronteiras (22 Abr, 18.00), uma performance do encenador e dramaturgo André Murraças, que fala da ideia de imigração, recorrendo a testemunhos e objectos pessoais; ou o espectáculo Homens que são como fronteiras invadidas (23 Abr, 19.15), do escritor Valério Romão e do músico José Anjos, que é “uma reflexão sobre os limites que a pandemia nos veio impor a título pessoal”.

Noutro campo, o cinema continua a merecer muita atenção. Ao todo, serão exibidos 18 filmes “que retratam realidades tão diferentes como as fronteiras de Lisboa, os conflictos sociais que a Europa atravessa, a ascensão dos nacionalismos e as migrações”, detalha uma nota de apresentação do evento.

Além das actividades presenciais, o formato digital imposto pelo contexto pandémico trará workshops, uma sessão dedicada à participação cidadã na democracia e um workshop de escrita criativa que se baseia no livro Enciclopédia dos Migrantes, que reúne 400 cartas de emigrados em cidades europeias. Essa obra serve também de base ao espectáculo Foguete de Emergência (25 Abr, 11.00), de Paloma Fernández Sobrino.

De regresso à programação está também o Cara-a-Cara com Deputados (23 Abr, 17.00), um encontro entre cidadãos e deputados representantes dos partidos eleitos para a Assembleia da República que se realiza este ano através de videoconferência.

Todos os eventos presenciais e online são gratuitos. Os bilhetes para o festival são disponibilizados no próprio dia, na bilheteira do Cinema São Jorge. As inscrições nas actividades online devem ser feitas através de e-mail (participa.politica@gmail.com). A programação completa pode ser consultada aqui. Entre 6 e 8 de Maio, o festival sobe até ao Centro de Juventude de Braga.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Time Out volta às edições em papel

Últimas notícias

    Publicidade