A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Foodie Love: uma série afrodisíaca

Por
Claudia Lima Carvalho
Publicidade

Depois de ter recusado a realização de episódios de séries como Narcos ou Homeland, Isabel Coixet estreia-se na televisão com Foodie Love, um retrato dos tempos modernos.

De restaurante em restaurante, de mesa em mesa, de balcão em balcão. Haverá melhor forma de conhecer um novo parceiro se não à volta da comida? Não só pela conversa que o tema pode garantir, como pelo prazer. Especialmente, pelo prazer.

Há muito tempo que a realizadora espanhola Isabel Coixet (A Vida Secreta das Palavras e A Minha Vida sem Mim) tinha uma história para contar em televisão. A HBO deu-lhe a oportunidade e nasceu Foodie Love, uma série de oito episódios de meia hora cada sobre um casal que se conhece através de uma aplicação de encontros para foodies. Em cada encontro, há uma aventura gastronómica, de restaurantes finos a tascas e gelatarias – e muito desejo.

Em Espanha, onde já se estreou, Foodie Love tem dado que falar, valendo vários elogios a Coixet. Multiplicam-se também os roteiros gastronómicos pelos sítios da série, quase toda passada em Barcelona, mostrando que a realizadora fez um tiro certeiro. Poucos serão aqueles que não se identificarão aqui ou ali com o encontro deste casal, interpretado por Laia Costa e Guillermo Pfening.

Os sítios da moda, o café artesanal, a alta gastronomia e as tascas, ou as fotografias para alimentar as redes, são a desculpa para espelhar uma guerra dos sexos com muita tesão à mistura.

Não por acaso, Coixet disse ao site espanhol Serielizados que esperava que Foodie Love aumentasse “a vontade de comer e de fazer sexo também”.

“Comecei a pensar em como juntar as duas coisas que mais gosto, que são as histórias de amor e as histórias de comida”, continuou a realizadora.

A banda sonora da série conta com uma tema do pianista português Júlio Resende.

HBO. Qua (estreia).

Seis séries para ver em Dezembro

Últimas notícias

    Publicidade