A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
LGBTQ
Photo: Unsplash/Brielle French

FREE NOW promove desfile virtual de norte a sul pelos direitos LGBTI+

A plataforma de multi-mobilidade está a promover a Ride Parade, uma marcha simbólica virtual, mas com impacto real.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

“É só uma fase”, “És uma vergonha” e “Os teus pais sabem?” são apenas alguns dos comentários que se continuam a ouvir, quer em praça pública quer nas redes sociais, contra quem só quer viver livremente a sua identidade de género e orientação sexual. Para lutar contra o preconceito e a discriminação, a FREE NOW, plataforma de multi-mobilidade presente em todo o país, decidiu promover uma Ride Parade virtual, com 100% da comissão das viagens a reverter para a IPA – Associação para a Promoção da Igualdade.

A Ride Parade vai acontecer paralelamente à Marcha do Orgulho LGBTI+, que decorre a 19 de Junho em Lisboa, desde o Marquês de Pombal até à Praça dos Restauradores. Assim, quem não quiser ou não puder participar na marcha física, poderá participar na virtual. Como? Basta aceder à app da FREE NOW e pedir uma viagem na categoria RIDE PARADE em vez da normal RIDE. “Podes ir para onde quiseres e 100% da nossa comissão é doada à IPA - Associação para a Promoção da Igualdade”, lê-se em comunicado da iniciativa. “Nesta viagem há lugar para todxs. Volta aqui para ver em live quantos km já fizemos juntos, quantas pessoas participaram e o dinheiro que estamos a angariar para a causa.”

Para reforçar o compromisso com a diversidade e comunidades LGBTI+, a FREE NOW garante proporcionar uma formação a todos os trabalhadores da empresa, com o apoio da Associação ILGA Portugal. O objectivo é aumentar o conhecimento e desmistificar preconceitos e estereótipos contra as pessoas LGBTI+, melhorando a experiência de mobilidade de uma população particularmente vulnerável. A aplicação deixa claro que determinados comportamentos não são aceites dentro da plataforma, incentivando o respeito entre todas as pessoas e lembrando que a discriminação e o assédio são crime.

+ Vestir (e calçar) o arco-íris

+ Leia já, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade