Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Gato de dois metros encontrado na Guerra Junqueiro
Notícias / Vida urbana

Gato de dois metros encontrado na Guerra Junqueiro

gato assanhado de bordallo pinheiro
©DR

A Bordallo Pinheiro ofereceu à freguesia do Areeiro duas esculturas em cerâmica gigantes, réplicas de dois modelos bem conhecidos da fábrica de faianças fundada nas Caldas da Rainha em 1884.

Na imagem está o Pires, de cognome Gato Assanhado, uma das criações animalescas em cerâmica criadas por Raphael Bordallo Pinheiro, que foi parar ao passeio da Avenida Junqueira ali em frente à Mexicana. Muito próximo, a fazer pandã ao nível da técnica e materiais, está um caracol de dimensões consideráveis, muito bem instalado num banco revestido a azulejos Arte Nova. Este espécime pode ser encontrado também no passeio desta avenida, mas em frente à loja Bordallo Pinheiro (no 28D), inaugurada em Janeiro de 2017 e visita obrigatória para bordallianos crónicos.

 

Fernando Medina acaricia caracol
©DR

 

 

 

Os dois animais chegaram na segunda-feira (26 de Março) às proximidades da Praça de Londres a bordo de uma carrinha vintage da colecção Sardinha by Bordallo e ambas as peças de arte pública têm o selo Arte Bordallo, reservado a modelos criados por Raphael Bordallo Pinheiro e pelo seu filho Manuel Gustavo Bordallo Pinheiro.

Sabia que…

Raphael Bordallo Pinheiro adorava gatos e pensava ter sido um noutra encarnação. E o Pires chegou a ser o protagonista de algumas histórias que o ceramista publicou no jornal satírico António Maria, às vezes na companhia da Gata Pili.

+ Bordallo por Bordallo: a sardinha intoxicada

+ Bordallo Pinheiro vai à pesca

Publicidade
Publicidade

Latest news