A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Grupo José Avillez encerra todos os restaurantes temporariamente

Restaurantes do chef José Avillez encerram a partir desta quinta-feira – mesmo os que operavam com take-away e entregas ao domicílio. Objectivo é proteger os trabalhadores numa fase crítica da pandemia.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Os números da pandemia no arranque de 2021 deixam Portugal perante um cenário crítico. Os casos não param de aumentar, os óbitos registam a mesma tendência e teme-se o pior para os hospitais nos próximos dias. Tendo em conta a evolução dos acontecimentos, o Grupo José Avillez decidiu encerrar todos os restaurantes, mesmo os que se encontravam abertos para take-away e entregas.

“A partir de amanhã, dia 21 de Janeiro, quinta-feira, todos os restaurantes do Grupo José Avillez passam a estar temporariamente fechados de forma a proteger as equipas. Porém, se vários clientes precisarem do nosso apoio com refeições durante este tempo de confinamento, poderemos equacionar uma abertura parcial”, detalha uma nota enviada à imprensa.

“Este momento dramático que enfrentamos há quase um ano tem abalado seriamente a restauração, tanto a nível nacional, como internacional. O impacto económico tem sido grave e as consequências ainda não são totalmente previsíveis. É um momento difícil, que chegou de forma imprevisível e que obriga a um esforço de adaptação permanente”, lê-se no comunicado.

O grupo do chef do Belcanto deixa ainda uma homenagem “a todos os restaurantes que se mantêm em funcionamento com take-away e delivery” e apela “a quem tenha possibilidade de o fazer, que ajude os restaurantes encomendando refeições”. Por fim, expressa o seu agradecimento aos clientes, esperando “regressar em breve”.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ A luta pela sobrevivência dos restaurantes

Últimas notícias

    Publicidade