Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Há mais uma razão para ir à Bica
Bar, Restaurante, Vila Bica. Cocktail
©Gonçalo Madeira Cocktail do Vila Bica

Há mais uma razão para ir à Bica

Chama-se Vila Bica e é um novo gastrobar. Já lá fomos experimentar os cocktails de autor e partilhar petiscos com os amigos.

Publicidade

Depois da tabacaria, na Rua de São Paulo, no Cais do Sodré, João Colaço abriu em Junho o Vila Bica ali bem perto, junto ao Elevador da Bica. “Enquanto proprietário e residente na zona senti que faltava um espaço com este tipo de conceito”, conta. “É importante arregaçarmos as mangas e mostrarmos que continuamos a ser uma nação de garra e que de uma crise nasce um negócio e oportunidades.”

As obras do espaço começaram em Janeiro e a abertura do bar estava prevista para Março/Abril. Já está mesmo a ver, não é? Com a pandemia, só conseguiram abrir a 16 de Junho, em soft opening. “Sentimos que viemos para ficar.”

O bairro, outrora um dos mais populares na noite alfacinha, tem vindo a perder popularidade e nos últimos tempos esteve ligado a notícias de assaltos e tráfico de droga. Agora, vai-se libertando aos poucos da má fama. “A Bica está efectivamente a mudar. Temos percebido que conseguimos chamar outro tipo de consumidor e isso tem ajudado muito a espalhar a palavra sobre a abertura do Vila Bica.”

Bar, Restaurante, Vila Bica, Ostras

 

Ostras do Vila Bica©Gonçalo Madeira

 

No menu há petiscos como ostras (4€ a 10€), choquinhos (9€), ceviche de salmão (9€), baos vegetarianos (9€), ovos rasgados (9€) e um picadinho (uma espécie de pica-pau, por 12€), ideais para partilhar. Também há uma extensa carta de cocktails, que inclui uma homenagem ao irmão mais novo, A Tabacaria (10€), com rum, Porto, hortelã, bitter de flor de laranjeira e limão.

Há cocktails de autor para todos os gostos, do Purple Peach (9€), com vodka, licor de alperce, sumo de pêssego, natas, limão, clara de ovo e xarope de alfarroba, ao Green Poison (12€), com mezcal, licor chili, coentros, lima, clara de ovo e bitter de aipo. Os clássicos vão desde o aperol spritz (8€), ao Mai Tai (9€), sem esquecer o Negroni (9€) ou o Bloody Mary (10€).

O espaço, com esplanada no Largo de Santo Antonino, uma mais-valia nos tempos que vivemos, está para já a funcionar de segunda a sábado, entre as 18.00 e a meia-noite.

Rua dos Cordoeiros, 2/4 (Bica, Lisboa). Seg-Sáb 18.00-00.00. Instagram @vilabica

+ Cláudia Pascoal dá concerto intimista na Alfaiataria

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade