A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
uma mão cheia de bandas
©Ingolf

Há Música ao Fundo do Túnel nos metros de Lisboa e do Porto

A ideia é promover a saúde mental através de um ciclo de concertos gratuitos nas duas maiores cidades do país.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

No mês em que se assinala o Dia Mundial da Saúde Mental, o ciclo de concertos Há Música ao Fundo do Túnel arranca em Lisboa e no Porto. Ao todo, vão ser 36 actuações durante quatro dias, divididas por seis estações de metro. A iniciativa serve para alertar a população para a importância de cuidar de si e do seu bem-estar, e é promovida pelo Ministério da Saúde.

“Num espaço que representa o pulsar de uma cidade, a Coordenação Nacional das Políticas de Saúde Mental convida as pessoas a reservarem algum tempo do seu dia para apreciarem música ao vivo, pararem a sua rotina e conectarem-se com a arte e a cultura”, lê-se em comunicado de imprensa.

No Porto, o ciclo realiza-se entre 24 e 25 de Outubro, nas estações de metro de São Bento, Bolhão e Casa da Música, com actuações de Carlos Sanches, Cauê Nardi, Coro do Hospital de Magalhães Lemos, Cravo & Canela, Débora Papa, Inah, Inóspita, João Luzia e Viola Ottomari.

Já em Lisboa, o ciclo acontece nos dias 27 e 28 de Outubro, nas estações de metro do Cais do Sodré, Marquês de Pombal e São Sebastião, com concertos de Barrué & Friends, Duda Laurent, Érika Machado, Gerardo Rodrigues, Geta, Jay Guita, Kamba, Patrícia Duarte, Rei Marte, Soul Providers, e um convidado especial surpresa.

Para mais informações, basta estar atento ao perfil de Instagram da iniciativa.

+ Uma festa de electrónica e videomapping? Vem aí o Monumental Tour

+ A edição de Outono da revista Time Out Lisboa já está nas bancas

Últimas notícias

    Publicidade