Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Há visitas, jogos, teatro e contos em mais uma edição da Festa das Palavras
museu de santo antonio, museu de lisboa
©José Avelas

Há visitas, jogos, teatro e contos em mais uma edição da Festa das Palavras

O evento decorre em quatro dos cinco núcleos do Museu de Lisboa ao longo de dois dias. Pode optar por bilhete diário ou por um passe de fim-de-semana.

Publicidade

São dois dias em que a palavra está no centro das atenções. A 4.ª edição da Festa das Palavras decorre entre 19 e 20 de Setembro em vários núcleos do Museu de Lisboa sob o tema Sustentabilidade e Futuro – há oficinas, percursos, teatro, visitas e marionetas.

O epicentro cultural é no Museu de Lisboa, mais precisamente nos seus núcleos Teatro Romano, Santo António, Palácio Pimenta e, à semelhança do ano passado, também a Casa dos Bicos. Ao longo de dois dias há programas para as famílias se entreterem a descobrir histórias de Lisboa e voltar a olhar (ou descobrir pela primeira vez) para as palavras de Fernando Pessoa e de José Jorge Letria, os escritores em destaque nesta edição.

A programação arranca com uma oficina no Teatro romano – A Escrita Romana – que, a partir das 11.00, vai explicar aos miúdos como é que no tempo dos romanos se escrevia apenas com 21 letras e sem vírgulas. Às 14.30, o contador de histórias Rodolfo Castro entra em acção para um momento de conto e, mais tarde, às 16.00, há uma visita-oficina para descobrir os deuses romanos e suas histórias – as crianças vão poder construir um móbil reciclando materiais.  

Nesse dia, na Casa dos Bicos, decorre entre as 11.00 e as 18.00 uma visita-jogo, o Jogo de Letras, em que os gaiatos são desafiados a formar palavras com as mesmas letras. Às 15.30, há um percurso à volta da Casa para conhecer as histórias da construção e das escavações arqueológicas. 

No Museu de Santo António, o programa contempla uma visita orientada para desvendar as histórias dos franciscanos António e Francisco, às 14.30, e logo a seguir, há uma visita-oficina em que é revelada a maneira como se escrevia nos tempos de Santo António. O que é um códice? E uma iluminura? São perguntas que serão respondidas na actividade, a partir das 15.30. 

Às 16.30, o colectivo Estórias com Asas, apresenta um espectáculo-leitura que parte da Mensagem, de Fernando Pessoa, e de outros textos do poeta – é uma reflexão sobre inconformismo, sonho, amor, mudança e inquietação. Rodolfo Castro volta a contar histórias a partir das 17.30. 

No dia 20 de Setembro, os jardins do Palácio Pimenta são o palco escolhido para toda a programação da Festa das Palavras. Começa logo às 10.30 com um passeio pelos jardins, Biodiversidade na cidade, que convida os participantes a levar um caderno e lápis na mão para ir recolhendo testemunhos da natureza. 

Às 11.30, decorre uma visita-oficina pela horta para semear, comer, brincar e ainda ouvir uma história. António Fontinha entra em acção para uma sessão de conto, às 12.00. À tarde, às 14.30, há outra visita-oficina desta vez dedicada à tinta para saber mais sobre a cor e a evolução das técnicas de produção artística e demonstrar que este processo já foi bem mais complexo. Os miúdos podem seguir, às 15.00, para outra visita-jogo sobre a temática da água. Às 16.00, António Fontinha volta a contar histórias.

O grupo Valdevinos - Teatro de Marionetas apresenta a adaptação do conto homónimo de José Jorge Letria, O Canteiro dos Livros, às 16.30. 

Os bilhetes ficam a 3€ por dia, mas para quem pretende ir o fim-de-semana pode comprá-lo o passe para os dois dias por 5€ (servicoeducativo@museudelisboa.pt ou 21 751 3256). As actividades são recomendadas a maiores de 4 anos e até aos 12 anos não pagam.

Vários locais. 19 e 20 de Setembro. 3€-5€. 

+ Leia já, grátis, a edição Time Out Portugal desta semana

+ Há Real Fado na EmbaiXada todos os domingos de Setembro

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade