Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Idris Elba retoma a sua carreira de DJ em série da Netflix
Notícias / Filme

Idris Elba retoma a sua carreira de DJ em série da Netflix

Idris Elba
Nick Wall/Netflix

Farto que o levem demasiado a sério, Idris Elba criou uma série com um papel à sua medida. Um DJ sem carreira que acaba babysitter da filha do melhor amigo. Para ver na Netflix.

Não é o papel em que estamos habituados a ver Idris Elba, especialmente se nos lembrarmos de Luther, a aclamada série policial da BBC. Mas a verdade é que o actor britânico tem mais em comum com este DJ solteirão sem rumo na vida do que possamos pensar. Ainda não tinha entrado no mundo da representação e já animava festas e discotecas. Idris Elba foi DJ durante muitos anos, uma paixão que não largou e que surpreendeu os fãs já este ano quando foi anunciado que iria actuar no Coachella.

Em Turn Up Charlie, Elba é Charlie, um eterno solteirão a viver em casa de uma tia em Londres. Os pais vivem na Nigéria e acreditam que o filho é um DJ bem sucedido. Ele diz, por exemplo, que vai ter “concertos”, quando na verdade vai animar casamentos – uma tarefa que já coube realmente a Elba, que foi no ano passado o DJ de serviço do casamento real de Harry e Meghan Markle.

Mas à medida que o seu amigo de infância, David (JJ Field), vai ganhando destaque em Hollywood como actor, Charlie surge como solução para fazer babysitting à sua filha, dando-lhe uma oportunidade de endireitar a vida.

Tudo o que Charlie tem de fazer é esquecer as noitadas e tomar conta de Gabby (Frankie Hervey), uma miúda de 11 anos um tanto ao quanto problemática e bem mais esperta do que ele. Daqui, como já se pode imaginar, nasce uma inusitada e divertida relação.

Nas muitas entrevistas que tem dado, Idris Elba tem contado como até agora nunca lhe dão papéis cómicos. “E eu sou um palerma o dia todo”, diz à Hollywood Reporter o actor, que já ganhou o título de “homem mais sexy do mundo” da revista People, mas no cinema e na televisão parece só representar.

Em vez de ficar à espera que alguém lhe acudisse ao pedido, o actor decidiu pôr mãos à obra e desenhar um papel à sua medida. Juntou-se a Gary Reich, produtor da sitcom de sucesso Vicious, protagonizada por Ian McKellen, e criaram Turn Up Charlie. Vender a ideia à Netflix não foi difícil: Idris Elba é tido em muito boa conta no serviço de streaming, depois de ter sido o Commandant, o líder do grupo de guerrilheiros mercenários de Best of No Nation.

Netflix. Sex (estreia). 

Jimmy Carr: É o público que define os limites do humor

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments