A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

José Mário Branco apresenta disco de inéditos esta quarta-feira no Chiado

Por
Claudia Lima Carvalho
Publicidade

O nome não engana: Inéditos (1967-1999) é a primeira edição em CD, em alguns casos até mesmo em disco, de 26 temas de José Mário Branco. Saiu para as lojas a 1 de Junho e vai ser apresentado pelo cantor e compositor na Fnac do Chiado, esta quarta-feira às 18.30.

José Mário Branco estará à conversa com o público não só sobre estes inéditos mas sobre a sua carreira que soma já meio século. Esta apresentação faz parte, aliás, da comemoração desta data redonda e que começou por ser assinalada pela Warner no final do ano passado com a reedição dos discos em nome próprio – Mudam-se os Tempos Mudam-se as Vontades (1971), Margem de Certa Maneira (1972), A Mãe (1978), Ser Solidário (1982), A Noite (1985) e Correspondências (1990) .

A conversa será moderada por Nuno Pacheco, jornalista do Público e autor dos textos de Inéditos. “Uma oportunidade única para escutar em discurso directo uma figura ímpar na história da música produzida em Portugal”, anuncia a editora.

Em Inéditos (1967-1999) reúnem-se, pela primeira vez, as primeiras gravações realizadas por José Mário Branco, antes ainda da edição do álbum de estreia Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades, “raridades conhecidas de poucos, e, mais importante, temas nunca antes editados em disco”.

+ José Mário Branco: a liberdade passou por aqui

+ 10 canções revolucionárias

Últimas notícias

    Publicidade