A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Kanazawa
©Manuel Manso

Kanazawa passa a servir almoços japoneses a partir de 20€

Por
Ines Garcia
Publicidade

Paulo Morais decidiu abrir a porta do Kanazawa aos almoços, de terça a sábado. Não é preciso fazer reservas e há três opções: ramen, chirashi ou shokado.

A porta discreta, como se de uma entrada para um prédio normal se tratasse, vai passar a estar aberta aos almoços, apenas com uma cortina neutra a serpentear ao vento a tapar a passagem. É assim no Japão, e será assim a indicação de que o Kanazawa agora serve almoços, explica Paulo Morais.  

Picles de rábano, kimchi e cogumelos e a entrada do mês
Fotografia: Manuel Manso

Os almoços serão servidos de terça-feira a sábado, entre as 12.00 e as 15.00, e não é preciso fazer reserva. Só trazer apetite e boa capacidade de escolha – há três opções, todas muito completas e em doses generosas, que incluem logo à partida uma entrada e um pratinho de picles caseiros.  

Shokado
Fotografia: Manuel Manso

A primeira escolha poderá ser o shokado, uma caixinha de quatro divisórias cujo conteúdo vai variando mas terá sempre uma secção de sashimi, outra com peças de sushi, um prato grelhado (este mês estão a trabalhar a corvina assada com miso) e outro de legumes assados (35€). 

Ramen de noodles
Fotografia: Manuel Manso

A segunda proposta é o ramen de noodles frescos feitos na casa, que pode ser vegetariano, de peixe ou de porco (20€) e a última é um chirashi zushi, uma malga com arroz coberto com fatias de sashimi de atum, barriga de atum, lírio, enxaréu, robalo, pargo, camarão e ainda omelete japonesa (35€). Tanto o menu do shokado como o do chirashi incluem ainda uma sopa miso.

Chirashi zushi
Fotografia: Manuel Manso

É uma refeição não só mais democrática como mais rápida para o cliente que não tem tempo para uma degustação ao almoço – as degustações no Kanazawa, aliás, mantém-se apenas aos jantares. 

A sobremesa do mês
Fotografia: Manuel Manso

Bebidas e sobremesa são à parte, mas a sugestão para acompanhar a refeição assenta ora no vinho a copo, ora nas cervejas, seja japonesa ou a Estrela Damm. O doce estará sempre a mudar mas será servido o mesmo que estiverem a servir no menu de jantar – em Fevereiro é uma espécie de éclair recheado com maracujá e com uma cobertura com chocolate, mousse de maracujá, fruta fresca e um pó feito com cascas de clementina e laranja, acompanhado por gelado de maçã verde com hortelã.  

Rua Damião de Góis, 3A (Algés). Ter-Sáb 12.00-15.00.

+ Os melhores restaurantes japoneses em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade