Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Keith Haring em exposição no CascaiShopping e a circular pela linha de Cascais
Notícias / Vida urbana

Keith Haring em exposição no CascaiShopping e a circular pela linha de Cascais

Keith Haring em exposição no CascaiShopping e a circular pela linha de Cascais

Quase 30 anos depois da morte de Keith Haring, a sua obra permanece viva e inconfundível – e algumas delas vão estar por cá e à vista de todos. O CascaiShopping recebe a partir de 10 de Setembro a exposição “Keith Haring. Entre a arte, o ativismo e a moda” e, ao mesmo tempo, estará a circular uma carruagem de comboio com os famosos padrões do artista. 

A exposição junta 17 peças originais de Keith Haring, uma figura fundamental do cenário artístico dos anos 80, em Nova Iorque. Com o dedo no pulso da cultura de rua, o artista fez uso essencialmente da pop art e do graffiti, deixando bem clara, através de imagens e textos ilusoriamente simples, a sua posição em relação a temas políticos e sociais, como a toxicodependência, a violência, o Apartheid ou a SIDA – causa da sua morte aos 31 anos. 

A moda foi também uma área que lhe interessou – colaborou com Grace Jones e Vivienne Westwood – e onde a sua influência continua a sentir-se. No espaço expositivo, estarão por isso algumas criações de moda inspiradas no trabalho de Haring – e entre elas uma réplica do emblemático casaco usado por Madonna na festa de anos do artista, na Paradise Garage, a 16 de Maio de 1984. Este núcleo tem o designer de moda Dino Alves como embaixador e porta-voz.

A exposição também vai sair fora das paredes do CascaiShopping e o responsável por isso será o português Akacorleone. No dia 3 de Setembro, o artista vai estar no centro comercial a modificar o interior e exterior de uma carruagem bem ao estilo de Haring, com as cores fortes e bonecos ingénuos, e qualquer um poderá vê-lo trabalhar. Depois, esta segue para a linha de Cascais, transformando uma simples viagem de comboio numa experiência imersiva na obra de Keith Haring. Além da carruagem de comboio, a própria estação de Cascais será decorada com imagens alusivas ao norte-americano.

No arranque da exposição haverá um momento performativo, semelhante àquele em que Keith pintou Grace Jones, em 1987: será feito um live body painting à modelo Sharam Diniz com padrões inspirados no artistas. A performance será acompanhada por um bailarino. 

A exposição fica patente até 10 de Novembro e será de entrada gratuita. 

+ O que há de novo em Cascais

Publicidade
Publicidade