Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Lisboa é a “capital da bicicleta” em 2021
Notícias / Vida urbana

Lisboa é a “capital da bicicleta” em 2021

inês para destaque com vento  a dar a dar
Fotografia: Manuel Manso

É caso para dizer: Lisboa soma e segue. Se em 2020 Lisboa é Capital Verde Europeia, em 2021 a cidade será a “capital da bicicleta”. A capital foi escolhida para organizar a Velo-city 2021, promovida pela Federação Europeia de Ciclismo.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Lisboa destaca como esta conferência é uma “referência em termos de planeamento e promoção do uso de bicicleta, como modo de transporte diário, mas também em actividades de lazer, passando pelas vertentes económica e de saúde”.

“A capital foi finalista com Ljubljana e Valência e destacou-se pelo forte compromisso político local e nacional, mas também pelo envolvimento na candidatura da indústria da bicicleta nacional (Portugal é o terceiro maior produtor europeu) e da Academia”, lê-se na nota.

Lisboa sucederá assim a Dublin, na Irlanda, em 2019, e à Cidade do México, no México, em 2020.

“Este é também um reconhecimento internacional do trabalho da Câmara de Lisboa na promoção dos modos activos e do transporte colectivo e um incentivo a prosseguir a estratégia definida neste âmbito até 2021”, acrescenta ainda a autarquia, lembrando que as Gira, bicicletas partilhadas, atingiram a marca de um milhão de viagens em menos de um ano – a expansão deste sistema para novas zonas da cidade está para breve.

Actualmente, há mais de 90 km de rede ciclável em Lisboa, mas a câmara prevê chegar aos 200km de rede até 2021.

As conferências Velo-city tiveram início em 1980 na cidade alemã de Bremen e desde então já passaram por cidades como Copenhaga (Dinamarca), Bruxelas (Bélgica), Barcelona (Espanha) ou Montreal (Canadá).

+ Ciclovias em Lisboa. Só precisa de pedalada para percorrer a cidade

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments