Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Lisboa e Sintra recebem Wim Wenders, Laurie Anderson e Wagner Moura
Notícias / Eventos e festivais

Lisboa e Sintra recebem Wim Wenders, Laurie Anderson e Wagner Moura

Leffest - Lisbon & Estoril Film Festival
©DR Leffest - Lisbon & Estoril Film Festival

Programação para o festival que se realiza em Lisboa e Sintra foi anunciada esta segunda-feira. Wim Wenders, Laurie Anderson e Wagner Moura são os destaques. Willem Dafoe e Abel Ferrara serão outros dos convidados.

O LEFFEST — Lisbon & Sintra Film Fest caminha para a sua 13.º edição, que acontece entre 15 e 24 de Novembro, e já anunciou os 12 filmes que compõem a secção oficial em competição, além da programação paralela. O festival vai homenagear os 25 anos de Lisbon Story, filme de Wim Wenders, que será exibido numa cópia restaurada em 4K e apresentado pelo realizador.

Wagner Moura, realizador e actor brasileiro, conhecido pelo seu papel como Pablo Escobar na série da Netflix, Narcos, vem apresentar a sua mais recente produção, Marighella, inspirada na vida de Carlos Marighella, político e escritor brasileiro que foi um dos rostos da luta contra a ditadura brasileira. O filme teve a sua estreia adiada no Brasil, depois do presidente da Agência Nacional do cinema ter sido afastado do cargo devido a divergências políticas. Desde então, Moura tem tido dificuldade em garantir a distribuição da obra em salas de cinema brasileiras. Além de apresentar o filme, o brasileiro vai integrar o júri ao lado da pianista Maria João Pires, Yasmine Hmdan, cantora e compositora, e a actriz Victoria Guerra. 

Do alinhamento da competição fazem parte Atlantis de Valentyn Vasyanovych, Patrick de Gonçalo Waddington, Tomasso,de Abel Ferrara, Baloon de Pema Tseden, Beanpole de Kantemir Balagov, Fête de Famille de Cedric Kahn, Giants Being Lonely de Grear Patterson, Little Joe de Jessica Hausner, O que Arde de Oliver Laxe, Criminal Man de Dmitry Mamuliya, e Wild Goose Lake de Diao Yinan. Atlantics de Mati Diop e Les Misérables de Ladj Ly, na shortlist de representantes para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, passam fora do concurso.

A secção Homenagens e Retrospectivas é dedicada a Christian Petzold, Corneliu Porumboiu, Alice Rohrwacher, José Miguel Ribeiro, Rita Azevedo Gomes e Damien Manivel, que marcarão presença no festival.

Segundo a organização, o ciclo Looking for Homeland, curado por Alexey Artamonov, Denis Ruzaev e Inês Branco López, e o simpósio Resistências, com o cunho de Juan Branco, “são dois momentos da programação a salientar”, lê-se no comunicado enviado às redacções. Estes serão dois espaços “de reflexão e de debate” que contarão com a presença de Maxime Nicole, representante do Movimento dos Coletes Amarelos; Laurie Anderson, artista experimental; Luigi de Magistris, presidente da câmara de Nápoles; Mehdi Belhaj Kacem, actor, filósofo e escritor e Omar Barghouti, da BDS.

Willem Dafoe, Abel Ferrara, Elia Suleiman, Bertrand Bonello, Rebecca Zlotowski, Oliver Laxe e Virgine Efira serão outros dos vários convidados. As Sessões Especiais passarão, além das obras de Wim Wenders (Lisbon Story e O Estado das Coisas), A Casa na Praça Trubnaia de Boris Barnet, com acompanhamento musical ao vivo pelos Mão Morta. O grupo musical apresentará Mutantes S.21 – 25 Anos Depois, documentário de João de Sá sobre a banda.

No Serviço Educativo, secção paralela do festival, destaca-se a programação com filmes de José Miguel Ribeiro; a exibição de Linhas Tortas e de Ruth, de Rita Nunes e António Pinhão Botelho, respectivamente.

+ O melhor cinema alternativo esta semana na cidade

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments