Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Lisboa na Rua: magia, fado, circo, cinema e leituras ao ar livre durante um mês
Notícias / Vida urbana

Lisboa na Rua: magia, fado, circo, cinema e leituras ao ar livre durante um mês

Lisboa na Rua
©José Frade/EGEAC

Durante o próximo mês faça da rua a sua segunda casa. O Lisboa na Rua volta a invadir os jardins, praças e parques da cidade para lhe trazer cinema, jazz, dança, magia, livros e fado – tudo sem gastar um tostão. A iniciativa arranca a 27 de Agosto. 

O programa repete-se pelas mãos da EGEAC e da Câmara Municipal de Lisboa, estendendo-se até 29 de Setembro. Integrado nesta iniciativa e uma aposta já ganha, o Lisboa Mágica regressa a 27 e ao longo de são seis dias, várias vezes ao dia, 15 artistas internacionais vão estar responsáveis por 174 espectáculos de magia em 12 locais diferentes – a Praça do Município, o Largo do Carmo, o Jardim da Estrela, a Quinta das Conchas ou o Miradouro de S. Pedro de Alcântara são apenas alguns.

No mesmo dia, a 27, arranca também o FUSO - Anual de Vídeo Arte Internacional com os trabalhos de dois artistas convidados – Antoni Muntadas e Pedro Barateiro –, e volta a espalhar a arte por vários locais da cidade como a Travessa da Ermida, MAAT, Jardim do Museu de Arte Contemporânea do Chiado ou o Claustro do Museu da Marioneta. Este ano a temática incide na sustentabilidade. Depois de terem estreado os Ecotemporâneos na bienal de artes contemporâneas BoCA, volta-se a promover a leitura em espaços verdes de Lisboa com sessões no Jardim do Campo de Santana a 1 e 28 de Setembro – os convidados são a escritora Dulce Maria Cardoso e os artistas plásticos João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira.

Pela primeira vez, o Lisboa na Rua recebe o Biblióflo (7, 8, 14, 15, 21, 22, 28 e 29 Setembro), um espaço no Jardim do Palácio Pimenta onde, num quiosque a funcionar todos os sábados e domingos, podem ser adquiridos livros raros ou esgotados. Aos domingos há leituras para os pequenos de manhã e para os mais velhos à tarde. 

As noites Sou do Fado (5, 12, 19 e 26 Setembro) mudam-se da Praça do Município para vários jardins da cidade e contam com Maria Ana Bobone, Duarte, Hélder Moutinho e Cristina Branco para dar voz a este pedaço de Património Cultural Imaterial da Humanidade. O cinema ao ar livre também não dá descanso e o CineCidade (6, 13, 20 e 27 Setembro) instala-se desta vez no Jardim Zoológico com filmes para toda a família como o Up - Altamente ou O Feiticeiro de Oz.

©José Frade/EGEAC

O jazz tem sido um tema habitual nas celebrações do Lisboa na Rua e nesta edição acontecem os Encontros de Jazz Júnior (7, 14, 21 e 28 Setembro) no Palácio Pimenta, onde jovens músicos – alunos da Escola de Jazz Luiz Villas-Boas e alunos estrangeiros –  tocam como gente grande. Saindo do jazz para outros ritmos, junte-se à grupeta do Dançar a Cidade (8, 15, 22 e 29 Setembro), que leva aulas de kuduro, tango, dança do ventre e flamenco aos jardins e praças de Lisboa.

A 7 de Setembro, a Real Combo Lisbonense, banda que trouxe para a actualidade o espírito das orquestras e dos conjuntos de baile dos anos 1950 e 1960, dá show no Jardim da Estrela. E espectáculo será o que não falta quando o Vale do Silêncio for invadido pela Orquestra Gulbenkian para um concerto que fará quebrar o nome do local (14 de Setembro). 

©José Frade/EGEAC

Ainda para ouvir a cidade, não falha o Lisboa Soa (12 a 15 Setembro) na Estufa Fria. O festival onde se ouve com os olhos e se vê com os ouvidos fará uma reflexão sobre o impacto no ambiente sonoro das migrações causadas pela actividade humana. Os miúdos podem alegrar-se com o regresso das Antiprincesas (14, 15, 28 e 29 Setembro) que voltam a ter sessões de Juana Azurduy, na Mata de Alvalade, e da brasileira Clarice Lispector, no Jardim do Torel.

A par da programação principal do Lisboa na Rua aproveite ainda o que a cidade tem para lhe dar com o Festival Estes Romanos Estão Loucos  (13, 14 e 15 Setembro) que o convida a conhecer os seus antepassados olisiponenses, com visitas ao sítio arqueológico do teatro romano, ao museu e às suas ruas envolventes. As artes circenses voltam a atacar com artistas de circo, malabaristas, acrobatas, estátuas vivas, dança e teatro – é o Chapéus na Rua (13, 14 e 15 Setembro). 

O Teatro Nacional D. Maria II terá dois dias (14 e 15 Setembro) de Entrada Livre – com uma perninha no Capitólio nesta edição –, recheados de espectáculos para todas as idades, leituras, exposições e até um concerto de Selma Uamusse na varanda do teatro. No final do mês, o Open House volta a passar-lhe as chaves da cidade para a mão para um fim-de-semana (21 e 22 Setembro) de visitas a alguns dos espaços mais emblemáticos da cidade. O Palácio Nacional da Ajuda, a Escola Superior de Música ou o Teatro LU.CA são alguns dos espaços já confirmados. 

Para conhecer a programação completa do Lisboa na Rua, compre a Time Out desta semana, que chega às bancas nesta quarta-feira, 21.

+ Mergulhe na cidade: os melhores sítios para nadar em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments