A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
carpintarias de são lázaro
Fotografia: Duarte Drago

Lisboa Soa regressa em Agosto com novas experiências sonoras

Depois de uma “não-edição”, o festival regressa ao seu formato original e ocupa dois espaços da cidade: as Carpintarias de São Lázaro e o Teatro Romano de Lisboa.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

O Lisboa Soa, festival lisboeta que tem trazido à cidade experiências auditivas na forma de instalações, concertos, workshops ou passeios sonoros, está de regresso. À 6.ª edição, o evento vai ocupar o Teatro Romano de Lisboa e as Carpintarias de São Lázaro, de 26 a 28 de Agosto, passando a durar três dias, em vez dos habituais quatro. 

O mote desta edição é Reinvenção. “Na utopia científica de New Atlantis de Francis Bacon havia lugares emblemáticos onde se guardavam e manipulavam sons, que eram as Casas de Som. Aqui previam-se novas experiências auditivas baseadas na decomposição, combinação e transmissão de sons transformados, profetizando sobre o que viria a ser a música electrónica ou a arte do som tal como é entendida nos dias de hoje. Mas as Casas de Som de Bacon são, antes de mais, uma revelação sobre o poder que os instrumentos imaginários têm para agir sobre o mundo”, justifica Raquel Castro, directora artística e programadora. 

Com a programação ainda por revelar, o site oficial adianta já a presença de artistas como Hanna Hartman, Riccardo La Foresta, Dawn Scarfe e Ricardo Martins. Antes disso, a 22 de Julho, inaugura nas Carpintarias de São Lázaro a instalação Acoustics of Resistance, de Mikhail Karikis, que pode ser visitada até ao fim do festival. 

+ Leia, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

+ A nova edição de Verão da Time Out Lisboa chega com a vaga de calor

Últimas notícias

    Publicidade