A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Lisboa 5L
Fotografia: Francisco Levita

Lisboa sob alerta e país em estado de calamidade até 13 de Junho

Decisão de mudança dos critérios da matriz de risco só será conhecida após a reunião de peritos do Infarmed, na sexta-feira. Lisboa é um dos sete concelhos em alerta.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

Lisboa é um dos sete concelhos sob alerta devido ao aumento do número de casos de covid-19, anunciou o Governo esta quinta-feira, na conferência de imprensa do Conselho de Ministros. Nos últimos 14 dias, a capital tem registado uma incidência de 143 novas infecções por 100 mil habitantes e um índice de transmissibilidade de 1,14 – valores acima da zona verde da matriz para avançar no desconfinamento. A situação de calamidade no país vai manter-se até 13 de Junho, anunciou ainda a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

Apesar de a situação em Lisboa e Vale do Tejo ter registado um desaceleramento do contágio em relação à semana passada, a evolução da pandemia na região continua a ser “motivo de preocupação”, disse a ministra. Para dar resposta ao aumento de casos, o executivo aprovou na terça-feira um conjunto de medidas que passam por um reforço da testagem a alunos do ensino secundário e universitário, a docentes e não-docentes, bem como a migrantes, estafetas, taxistas e motoristas de TVDE. Outra das medidas é a aceleração da vacinação de maiores de 40 e de maiores de 30 anos, que arranca em todo o país a partir de 6 e 20 de Junho, respectivamente.

É no centro histórico de Lisboa, nas freguesias de Santa Maria Maior e Misericórdia, Arroios, São Vicente e Santo António, que o número de casos mais aumentou. Questionada pelos jornalistas sobre se haverá uma mudança na matriz de risco, como sugerido pelo Presidente da República, que dita o avanço do desconfinamento no país, Mariana Vieira da Silva referiu que essa decisão só será conhecida depois da realização da reunião de peritos no Infarmed, esta sexta-feira. As medidas que afectarão, para já, o concelho de Lisboa, são apenas as referidas nesta terça-feira – a identificação dos locais onde existem mais casos, direccionando para os mesmos o reforço das operações de testagem.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Governo acelera vacinação em todo o país

Últimas notícias

    Publicidade