A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
SELIM
©SELIM

Lisboa tem um banco de empréstimo de bicicletas usadas e todos podem contribuir

A CICLODA - Associação Oficina da Ciclomobilidade lançou um projecto que sai em apoio da mobilidade alfacinha através do empréstimo de bicicletas usadas.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

Chama-se SELIM - Banco de Bicicletas e recolhe, repara e disponibiliza bicicletas usadas a quem precisar, numa modalidade de empréstimo a longo prazo a todos os lisboetas que precisem de se movimentar de bicicleta durante a pandemia.

O ponto de partida é o Mercado de Arroios, onde está sediado o SELIM, um projecto que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e a Junta de Freguesia de Arroios. É aí que se podem dirigir as pessoas que tanto querem fazer uma doação de bicicleta como requisitar um velocípede para circular na cidade. Numa primeira fase, as bicicletas disponíveis não têm mudanças (mas têm cestinho) e estão disponíveis para todos os que vivam, trabalhem ou estudem em Lisboa. Será dada prioridade a quem necessite de fazer deslocações entre a casa e o trabalho ou a escola e também a quem precise do veículo para procurar emprego.

Para poder levar a bicicleta para casa precisa apenas de pagar um valor entre 10€ e 30€ (dependendo das características da bicicleta) e metade desse valor funciona como caução, ou seja, é devolvido quando já não precisar dela. Pode consultar todas as regras no site oficial do SELIM, onde está também disponível um formulário que tanto dá para fazer uma requisição como uma doação. O SELIM aceita bicicletas em qualquer estado, que são posteriormente reparadas e testadas para circularem em segurança.

SELIM. Mercado de Arroios, Loja 31. Ter 13.30-16.00, 17.00-20.00 (Fora deste horário, mediante marcação)

+ Leia aqui a edição digital e gratuita da Time Out Portugal

+ Largo do Intendente é palco para “7 Poemas para um Mundo Novo”

Últimas notícias

    Publicidade