Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Lisbon Bear Pride: os ursos de Lisboa estão em festa

Lisbon Bear Pride: os ursos de Lisboa estão em festa

Publicidade

O Lisbon Bear Pride, festival virado para a comunidade bear, regressa entre esta quarta e segunda-feira e terá pool parties todos os dias. Contamos-lhe o programa das festas mais felpudas da cidade.

O encontro internacional de bears, amigos e admiradores está de volta para a sua 9ª edição em Lisboa. Uma ideia de Eddy van Wallendael, o belga dono do TR3S Bar, no Príncipe Real, foi criado para celebrar “o orgulho da comunidade bear”, explica. “Havia vários festivais bears no mundo e em Portugal não havia nada do género. O Pride aqui é mais político, de luta pelos direitos gay, e queríamos fazer uma coisa mais de festa.”

A festa virou um festival que desde 2010 tem juntado em Lisboa bears (leia-se homens hipermasculinos, barbudos, corpulentos ou mais velhos) de todas as partes do mundo. Este ano, e pela primeira vez, o festival ganha um novo quartel-general, na Charneca da Caparica, no hotel Villa 3, inaugurado no fim de 2018, também dos mesmos sócios do bar e também virado para a comunidade bear. “Vamos ter pool parties todos os dias”, garante Eddy.

Se o grande momento de edições passadas do Lisbon Bear Pride foi a festa no barco, este ano os ursos ficam em terra, mas os planos não vão por água abaixo. Ou melhor, fica tudo em banho-maria, na grande pool party de sábado do Villa 3, com DJs, um concurso de lipsync e a actuação da dragqueen Simone de La Dragma (20€).

Nos seis dias de festival, de quarta a segunda-feira, há churrasco na piscina (15€ na quinta), uma festa na sauna do hotel (15€ na sexta), after-parties no Finalmente (7€), um concurso no TR3S Bar para eleger o Mr Lisbon Bear Pride 2019 (sexta à noite, grátis), strip de bears (sábado à noite no TR3S) e uma tarde domingueira para experimentar bolos caseiros (domingo, no TR3S, às 16.00).

O festival é um dos grandes eventos LGBT+ da cidade e foi reconhecido pela European Pride Organisations Association (EPOA) como “uma das festas Pride”, continua Eddy. “São os membros da EPOA que elegem a cidade para os EuroPride e, como já sabemos, Lisboa é candidata para o EuroPride 2022.” No período do Lisbon Bear Pride o Villa 3 já tem todos os quartos ocupados, mas a organização, mediante inscrição, assegura o transporte de Lisboa para a Charneca da Caparica, bem como o regresso.

De quarta a segunda, no TR3S (Rua Ruben A Leitão, 2, Príncipe Real) e no Villa 3 (Rua Teresa Leitão Barros, 4, Charneca da Caparica). Bilhetes diários a partir de 15€ à venda nos dois sítios. Passe geral entre 70 e 100€

+ Sair do armário – o melhor da agenda LGBT em Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade