Lisboa icon-chevron-right Lumi Rooftop: um novo chef e um novo conceito no topo do hotel The Lumiares
Notícias / Comida

Lumi Rooftop: um novo chef e um novo conceito no topo do hotel The Lumiares

Lumi Rooftop
©Manuel Manso

Perdeu o n de Lumni  e o chef Miguel Castro e Silva também saiu, deixando para trás um restaurante de fine dining. A nova vida do restaurante no topo do hotel The Lumiares, no Bairro Alto (Castro e Silva mantém-se como curador do Mercado, no piso térreo) começou no final do Verão: tem um novo chef, João Silva, que passou pela Quinta do Arneiro, pelo São Gabriel no Algarve ou pela Bica do Sapato, e um novo conceito.

A redecoração do interior ainda está para vir, mas o terraço com vista para a cidade já teve uns updates, como os toldos pretos e umas quantas plantas a mais, a dar vida. A maior volta é na cozinha. A carta privilegia os produtos portugueses, locais e da época – estão a trabalhar com o Hortelão do Oeste para os legumes, por exemplo, e têm queijo chèvre Granja dos Moinhos – e a ideia é transformar pouco os produtos, para garantir o sabor e frescura.

 

Bruschetta com queijo da Serra e legumes assados
Fotografia: Manuel Manso

 

 

Há um menu all day (das 11.00 às 19.00), com vários petiscos, da bruschetta bem carregadinha de legumes grelhados e queijo da serra na base (8,50€) às bolinhas de alheira de mirandela (7€), selecção de queijos (14€), prego (11€) ou hambúrguer de novilho em bolo lêvedo dos açores (14.50€).

 

Salada de polvo
Fotografia: Manuel Manso

 

 

A partir das 19.00, quando o sol se começa a pôr, o menu muda e divide-se em entradas, pratos de peixe, de carne, uns vegetarianos e uma boa dose de doces, sempre bem acompanhados com uma carta de vinhos e cocktails (na remodelação, o próprio bar vai mudar de sítio para ganhar mais destaque e o rooftop também conseguir viver por si, sem ser só restaurante).

 

Bochecha de porco assada lentamente com puré de batata
Fotografia: Manuel Manso

 

 

Nos peixes há bacalhau à Brás com tomate seco e azeitona do Alentejo (17,50€), arroz de marisco com arroz da Herdade do Carvalhoso (19,50€), peixe da lota (19,50€) que vai sempre rodando, acompanhado por legumes da época. Nas carnes, prove a bochecha de porco assada lentamente com puré de batata e grelos ou o magret de pato servido aqui com risoto de cogumelos (17€).

 

Tarte de pêssego e maracujá
Fotografia: Manuel Manso

 

 

As sobremesas, tal como toda a carta, podem ir mudando consoante a disponibilidade dos produtos – por enquanto está lá uma tarte de pêssegos biológicos com maracujá (7€) que faz a transição ideal do Verão para o Outono.

Rua de São Pedro de Alcântara, 35, 5.º andar (Bairro Alto). 21 116 0210. Seg-Dom 12.00-00.00 (cozinha fecha às 23.00).


+ Os melhores restaurantes no Bairro Alto 

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments