A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
MAAT - Museu Arte, Arquitectura e Tecnologia
Fotografia: Manuel Manso

MAAT vai viver online com novo site e nova programação até à sua reabertura

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Tinha abertura prevista para 27 de Março, mas a pandemia trocou as voltas ao MAAT. Ainda de portas fechadas, o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia reinventa-se com foco no digital com um novo site, um canal de YouTube para poder conhecer os cantos ao museu e uma nova programação, o MAAT Mode.   

Em Dezembro, a depressão Elsa deixou marca no MAAT, quando a tempestade destruiu parcialmente o tecto falso da entrada do museu. Encerrado para reparações, estava prevista a reabertura do museu a 27 de Março – não podendo acontecer, o MAAT deu a volta e reforça a sua presença no online.

Num site completamente renovado, o museu criou um novo modelo de programação, o Mode, um programa participativo e com a duração de cinco meses, desenvolvido em parceria com profissionais da área, instituições culturais e de educação, grupos de apoio e comunidades locais e internacionais. Parte da programação tinha sido pensada para a reabertura e é agora transferida o online.

MAAT
MAAT

“As instituições culturais devem ser plataformas catalisadoras que activam o discurso, dando poder ao público para que assumam as suas escolhas através da articulação do debate, a partilha de posições e a formulação de conhecimento. É isto o museu como Um Fórum Aberto – Um Palco – Uma Escola”, explica em comunicado a nova directora executiva do museu, Beatrice Leanza.

Nesta nova programação online do MAAT, serão apresentadas oficinas, filmes ou palestras, que irão discutir e explorar temas relacionados com a política da sustentabilidade, o conhecimento científico e outras transformações urbanas e sociais que ecoam dentro e para além do contexto português.

Na secção On Site do site é possível já antecipar algumas das exposições do museu, a inaugurar aquando da reabertura, como é o caso de “Currents”, “Sound Capsules”ou "The Peepshow". 

O canal de YouTube do MAAT foi assim criado também para divulgar a programação digital do museu, com início a partir de Maio. Para já, o canal conta com uma entrevista sobre o novo projecto a Beatrice Leanza, várias performances para o acompanharem nestes dias, e ainda uma visita virtual à Central Tejo que é agora divulgada pela primeira vez.

Nesta roda-viva de novidades, o MAAT apresenta ainda uma nova instalação, Beeline. Esta foi desenvolvida pelo ateliê nova-iorquino SO – IL, tendo sido desenhada e instalada à escala do museu, atravessando-o desde a sua entrada principal do lado do rio ao mais recente acesso da ponte pedonal virada para Belém. Apesar de não poder ser vista ao vivo por agora, a instalação ficará por lá pelo menos até 13 de Setembro.

+  Leia aqui a edição desta semana da Time In

+ Visitas aos museus de Lisboa dentro de casa

Últimas notícias

    Publicidade