A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Planetário da Marinha
Gabriell Vieira

Mistério da estrela de Belém inspira sessões no Planetário

A história do fenómeno astronómico é o foco da programação de Natal do recém-aberto Planetário da Marinha.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

O que é que está por detrás da estrela de Belém? Terá sido sequer uma estrela? No Planetário da Marinha pensa-se sobre estas e outras questões nas sessões “Estrela de Belém”, que acontecem a partir do dia 16 de Dezembro e até 9 de Janeiro. 

“Vamos tentar levantar um bocadinho o véu acerca do astro que terá guiado os reis magos do Oriente até Jerusalém”, revela Jorge Farinha. Conferencista há mais de 30 anos no Planetário, prepara-se agora para contar, em sessões ao vivo, a história deste símbolo de Natal que, desde o céu, terá conduzido três magos até ao local de nascimento de Jesus Cristo. 

“Que astro seria esse? Se é que foi um astro! Teria sido um cometa? Um alinhamento de planetas? Uma supernova? Independentemente do astro que tenha sido, o que quer que tenha acontecido terá de ter sido forçosamente algo de espectacular à vista ou então extremamente raro de acontecer”, conta. As sessões no Planetário pretendem extrapolar sobre o assunto, explorando todas as explicações possíveis do ponto de vista da astronomia sem esquecer os detalhes do relato bíblico.

“Os reis magos eram pessoas eruditas, eram os sábios da época. Eram pessoas muito respeitadas exatamente por conhecerem várias coisas, entre as quais muito bem o céu. Eles viam diariamente o céu, interpretavam os sinais que viam no céu e, como tal, não se deixariam impressionar por um fenómeno vulgar. O que quer que tenha acontecido teria de ser algo imponente”, descreve o conferencista, que garante que esta “é uma sessão aberta a toda a genteNão abordamos muito a questão da religião. A fé não é muito abordada precisamente para não ferir susceptibilidades e ser o mais inclusiva possível”, remata. 

Planetário renovado 

Antes da renovação do espaço, que incluiu a instalação de um novo sistema de projecção, um investimento de 1,5 milhões de euros e uma mudança de nome, o tema já tinha sido abordado, mas noutros moldes. “Desta vez tivemos a possibilidade de mergulhar no Universo e ir ao encontro de alguns objectos e simular algumas situações espectaculares de se ver”, explica. O sistema digital permite-nos experienciar situações que de outra forma era impossível.”

As sessões Estrela de Belém são indicadas para toda a família e acontecem de terça-feira a domingo, às 10.45. Há ainda sessões à terça-feira às 15.00 e durante o fim-de-semana às 14.00. É obrigatório apresentar certificado digital de vacinação, de testagem ou de recuperação.

Planetário da Marinha. Praça do Império (Belém). Ter-Dom. Vários horários. 6€.

+ Planetário de Lisboa reabre com novo nome e sistema de projecção

+ Há um comboio natalício a circular pela Baixa de Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade