Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right ModaLisboa dedica edição à sustentabilidade e promove a moda independente europeia
Bastidores da 52ª ModaLisboa 14
Manuel Manso

ModaLisboa dedica edição à sustentabilidade e promove a moda independente europeia

Publicidade

No ano em que Lisboa carrega a bandeira de Capital Verde Europeia, a ModaLisboa marca o passo sob o tema AWAKE e dedica a sua próxima edição à sustentabilidade, num apelo à mudança de consciências. As modas instalam-se novamente nas Oficinas Gerais do Fardamento e Equipamento do Exército, no Campo de Santa Clara, entre 5 a 8 de Março. 

Esta edição é um grito de revolta, um despertar para a mudança que é necessária. “Exigimos uma indústria de moda mais justa, mais sustentável, mais ética, mais inovadora, mais respeitadora, mais inclusiva, mais humana. Reclamámos, apontámos o dedo, denunciámos, re-tweetámos. E agora?”, questiona a organização em comunicado. 

Os criadores apresentam as colecções Outono/Inverno durante estes dias, abrindo-se ao mundo numa parceria com o projecto United Fashion, que trará ao evento 15 jovens designers internacionais, uma forma de promover a moda independente europeia. 

Ainda que muitos dos desfiles sejam à porta fechada, a ModaLisboa está cada vez mais democrática e com agenda aberta ao público – e esta edição não será excepção, com uma programação inteiramente dedicada à sustentabilidade.  

“AWAKE não é denunciar nas stories do Instagram uma publicação polémica: é sair de casa e construir o futuro. AWAKE é mudar os nossos hábitos, é adoptar a transparência como modus operandi; é consumir com lógica, é produzir com qualidade, é comprar com propósito”, lê-se. 

+ As novas lojas em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade