A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
 Museu da Farmácia
Fotografia: Museu da Farmácia

Museu da Farmácia terá um serviço de visitas guiadas virtuais em tempo real

As visitas são feitas por videoconferência e interactivas, podendo os participantes fazer perguntas ao longo do percurso virtual.

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

O confinamento trouxe outro olhar sobre os museus, um olhar virtual que permitiu que estas instituições chegassem a todos sem precisarem de se deslocar ao local. A pensar nesses visitantes, o Museu da Farmácia terá a partir de 1 de Novembro um serviço de visitas guiadas virtuais que serão feitas em tempo real, para grupos. 

O nome não faz justiça à colecção deste museu, já que visitá-lo é ficar também a conhecer a história da saúde em todo o seu esplendor e embarcar numa viagem que ultrapassa todas as fronteiras, exosfera incluída – de uma rudimentar mó do Neolítico até um modernaço kit de medicamentos da Estação Espacial MIR. Há reconstituições de farmácias portuguesas (e uma chinesa), com destaque para a única em Portugal datada do século XVIII, a Farmácia Barbosa.

Mas há quem não possa deslocar-se ao local, ora porque não está em Lisboa, ora porque prefere ficar no conforto do lar. É para estes visitantes que o museu vai preparar visitas guiadas virtuais com um guia em tempo real e por marcação prévia (21 340 0688 ou museudafarmacia@anf.pt). 

Cada visita guiada dura entre 45 e 60 minutos, através da plataforma de videoconferência Zoom, e os detalhes são fornecidos pelo museu aquando da inscrição. O roteiro é composto por vídeos e momentos interactivos que contam a história da saúde e da farmácia, desde os primórdios da civilização até aos dias de hoje. 

“Esta é uma evolução da forma como chegamos aos visitantes, em que expandimos a nossa experiência de visita para o online, para algo que é mais do que uma simples viagem no tempo”, explica João Neto, director do museu. Quisemos manter o toque humano e o ‘contar de histórias’ que todos nós encontramos na visita física aos nossos espaços museológicos.

Para garantir que a visita é participativa e interactiva, a exposição de conteúdos pelo guia alterna com vídeos temáticos educativos e pontos de interactividade. O guia da visita está lá também para esclarecer dúvidas e ir destacando os artefactos mais valiosos que desenham os mais de cinco mil anos de evolução histórica e tecnológica da saúde que o Museu da Farmácia acolhe.

+ Os velhos anúncios a medicamentos estão expostos no Museu da Farmácia

Últimas notícias

    Publicidade