A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Museu do Dinheiro
Francisco NogueiraMuseu do Dinheiro

Museu do Dinheiro reabre esta semana com uso de máscara obrigatório e lotação reduzida

“Reabrimos portas e casas-fortes” – é assim que o Museu do Dinheiro se prepara para esta quarta-feira, 17, voltar a abrir o seu espaço no Largo de São Julião com novas medidas de higiene e segurança.

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Encerrado desde 11 de Março, o Museu do Dinheiro viu as regras do jogo serem mudadas, tal como em todos os museus que têm vindo a reabrir gradualmente na cidade. Será, a partir de agora, obrigatório usar máscaras em todo o museu (nas crianças é obrigatório usar partir dos 10 anos). 

A lotação fica reduzida a 70 visitantes em simultâneo e o distanciamento de dois metros terá de ser cumprido nas várias salas do espaço que, por sua vez, terão o percurso assinalado para melhor circulação.

As visitas e actividades mantêm-se suspensas, não sendo também permitida a utilização dos cacifos comunitários. 

Inaugurado em 2016, o museu, antes de o ser, começou por ser a Igreja de São Julião (em finais do século XVIII) e depois caixa forte e estacionamento do Banco de Portugal. Agora, aposta forte na interactividade, e por lá é possível percorrer a história do dinheiro e a sua relação com a sociedade. É ainda possível aceder ao Núcleo de Interpretação da Muralha D. Dinis, construída no século XIII. 

O horário mantém-se o mesmo de sempre, de quarta a domingo entre as 10.00 e as 18.00, e continua a não ter de pagar um cêntimo para entrar nesta casa.

+ Leia aqui a Time In desta semana

+ Exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana

Últimas notícias

    Publicidade