A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Museu do Oriente
©Museu do OrienteMuseu do Oriente

Museu do Oriente e Convento da Arrábida reabrem esta semana

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

As reaberturas têm sido faseadas desde que foram permitidas a partir de 18 de Maio, e o Museu do Oriente marcou para esta terça, 2, o dia em que volta a abrir portas. O uso de máscara será obrigatório e há limite no número de visitantes. 

Os visitantes vão encontrar por lá as exposições permanentes “Presença Portuguesa na Ásia” e “A Ópera Chinesa”, bem como as temporárias “Fukuko Ando – Weaving (the) Cosmos” e “Frei Agostinho da Cruz e a Espiritualidade da Arrábida”. Mas será sempre com as limitações e com as medidas de segurança que se impõem no actual contexto de pandemia que os espaços museológicos voltam a abrir. 

O uso de máscara é obrigatório, assim como o cumprimento da distância social recomendada, havendo em cada espaço circuitos de circulação devidamente assinalados e lotação limitada. As visitas em grupo não estão proibidas, mas terão de ser agendadas previamente e os grupos não podem exceder as dez pessoas. 

Para além das áreas expositivas do museu, reabrem também o restaurante e cafetaria, a loja do Museu do Oriente e o Centro de Documentação António Alçada Baptista. Neste último o uso de luvas é obrigatório. 

Toda a programação de espectáculos, cursos, ateliês e conferências continua a manter-se suspensa, acontecendo muitas das coisas online através das plataformas digitais do museu – site, Facebook e Instagram

O Convento da Arrábida, sob tutela da Fundação Oriente, também reabre para visitas organizadas, com marcação prévia, limitadas a dez pessoas por visita.

Avenida Brasília, Doca de Alcântara. Ter-Dom 10.00-18.00, sex 10.00-22.00 (entrada gratuita entre as 18.00 e as 22.00). info@foriente.pt. 6€.

+ Leia aqui a edição gratuita da Time In desta semana

Fresquinhas e boas: são estas as sardinhas vencedoras das Festas de Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade