A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Divino Sospiro
Cortesia de Pedro Diogo Soares (www.pedrosoaresphotographer.com)Divino Sospiro

Música barroca regressa a Queluz para saudar o Verão

Os concertos ao vivo estão de volta ao Palácio Nacional de Queluz a partir do próximo sábado, 26 de Junho.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O Verão em Queluz – Música barroca ao anoitecer arranca este sábado, 26 de Junho, pelas 21.00, na Sala do Trono do Palácio Nacional de Queluz. É o regresso dos concertos ao vivo com a Orquestra Divino Sospiro. Mas não só.

“Dois espectáculos marcam a chegada de uma estação que, neste palácio, no século XVIII, era vivida em festa pela corte portuguesa. As noites quentes de Verão animavam-se com diversos eventos culturais, nos quais não podia faltar a música, com particular destaque para os festejos dos Santos Populares”, lê-se em comunicado da Parques de Sintra, que promove o programa em conjunto com o Centro de Estudos Musicais Setecentistas de Portugal.

O primeiro espectáculo, marcado para 26 de Junho, já foi transmitido online a 21 de Março, Dia da Música Antiga, devido aos confinamentos impostos pela pandemia. Agora, poderá finalmente ser desfrutado ao vivo. “Cosmopolitismo do Barroco Português – Laços culturais e estéticos entre Itália e Portugal” estará a cargo do soprano Eduarda Melo e da Orquestra Divino Sospiro, dirigida por Massimo Mazzeo. No repertório do programa, constam obras de Francisco António de Almeida, Carlos Seixas, Bononcini, Domenico Scarlatti e da família Avondano.

No próximo mês, a 3 de Julho, pelas 19.00, o papel das mulheres na música no período seiscentista estará em destaque, com o concerto “Musas do Seicento”, que convida à descoberta desse universo quase secreto, no qual a alma feminina se revela através de obras de compositoras como Elisabeth Jacquet de la Guerre, Isabella Leonarda e Barbara Strozzi. O espectáculo, previsto acontecer na Sala da Música, conta com a actuação do Ensemble Gli Accenti.

Os bilhetes para estes concertos, que decorrem de acordo com as normas da Direção-Geral da Saúde, custam 15€ e já estão disponíveis online no site da Parques de Sintra.

Palácio Nacional de Queluz. Sáb (26 de Junho) 21.00 e Sáb (3 de Julho) 19.00. 15€.

+ Seis concertos para fagote do período Barroco

+ Ciclo Appleton Garagem vai explorar a música contemporânea e experimental

Últimas notícias

    Publicidade