A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Castiço Wine Bar
Fotografia: Gabriell Vieira

Neste bar em Carcavelos serve-se vinho a copo, queijo e enchidos

Vinho, queijo e chouriço assado. Podia ser a tríade sagrada deste bar Castiço, no Mercado Municipal de Carcavelos.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Castiço Wine Bar, lê-se na moldura do balcão. Peça única, destaca-se na praça de alimentação onde se instalou recentemente, no Mercado Municipal de Carcavelos. O espaço, ainda em processo de renovação, terá mais residentes num futuro próximo. Mas, por agora, quem nos recebe é Vítor Santa e Francisco Figueirôa, proprietários do novo bar de vinho. Entusiasmados, abrem uma garrafa de tinto e outra de rosé, colocam chouriço a assar e convidam-nos a conhecer as suas propostas vínicas e gastronómicas, todas de pequenos produtores nacionais.

Nem um nem outro é sommelier ou especialista equivalente, mas são ambos apreciadores natos e estão familiarizados com os sectores do turismo e da restauração. Vítor tem dois hostels, o Cascais Boutique e o Carcavelos Surf, e Francisco é formado em gestão hoteleira. Nos últimos anos, têm incluído sempre uma experiência vínica nos passeios de moto que organizam com os amigos. Às tantas, começaram a pensar como seria se pudessem partilhar o interesse com mais pessoas. Quando a oportunidade surgiu, não a deixaram escapar, dizem, antes de nos tentarem com vinho a copo a partir de 2,50€ – 2€ se escolher o “vinho da semana”.

Castiço Wine Bar
Fotografia: Gabriell Vieira

“Ainda estamos à espera das mesas novas, mas a Junta até nos prometeu montar uma esplanada com toldo”, conta-nos Francisco, que também está ansioso por ver os negócios dos vizinhos a funcionar. “Está prevista a abertura de uma pizzaria, um bar de cocktails e um restaurante mexicano”, revela-nos, apontando para as bancas ainda desocupadas. “Nessa altura, o ambiente estará diferente, ficará mais bonito, com certeza.” Entretanto, a ideia é voltar a dinamizar o Mercado Municipal de Carcavelos, onde não se fazem apenas compras de frescos.

À tarde, ainda antes de o sol se começar a pôr, é a altura perfeita para desanuviar com um copo de vinho. A carta do Castiço ainda tem pouco mais de uma dezena de referências, mas foi criada em conjunto com um amigo de Vítor e Francisco, que é distribuidor há mais de 30 anos, e deverá crescer ao sabor das novidades. Entre os tintos e os brancos, dez ao todo, destaca-se o Aneto Reserva, o mais caro, a 8€ o copo e 30€ a garrafa. Mas também há verde, porto, espumante, rosé – o Dory, “para quem não gosta muito de beber”, diz Vítor entre risos – e até vinho de Carcavelos, o Villa Oeiras, que foi novamente distinguido este ano na 18.ª edição dos Decanter World Wine Awards.

Castiço Wine Bar
Fotografia: Gabriell Vieira

Os preços a copo começam, como já nos tinham assegurado, nos 2,50€. É o caso do tinto Raposinha, já um sucesso, e do branco Tapada dos Gamas, que nos últimos dias tem estado mais barato. Quando o “vinho da semana” mudar, o desconto repete-se: por 2€ bebe um copo, por 10€ leva a garrafa. Para acompanhar, há conservas Briosa com pão artesanal (4,50€), com propostas do Douro (sardinha sem pele nem espinha com limão e basílico), Beiras (raia em molho pitau), Ilhas (filetes de cavala em molho vilão), Estremadura (bacalhau com grão de bico) e Algarve (filetes de atum com laranja e canela).

Para petiscar, sugerem-se ainda as tábuas de queijo e enchidos. A mais pequena (4€) vem com queijo de vaca curado Dom Villas, pão artesanal, tostas e uvas. Se preferir a média (7,50€), pode escolher entre queijo de ovelha meia cura ou amanteigado Monte da Vinha e tem direito a tudo o resto, mais enchidos, doce de abóbora e nozes. Melhor mesmo só a grande, a 20€, que inclui as três variedades de queijo e ainda vem com azeitonas e amêndoas. “Ainda temos chouriço assado”, relembra Vítor. “Usamos aguardente para assar à mesa, à frente dos clientes.” Custa 4,50€.

Em breve, prometem, deverá haver caixas personalizadas, com vinho e produtos regionais, como conservas e queijo, ou ramos de flores secas da 2 for 1 Design. A ideia é haver várias combinações, para oferecer em ocasiões especiais ou para levar para um jantar à última da hora. Por agora, convidam-nos a redescobrir o Mercado Municipal de Carcavelos com finais de tarde bem regados. Em princípio, as quintas-feiras serão sinónimo de música ao vivo. O primeiro concerto correu bem, é esperar pelo próximo.

Mercado Municipal de Carcavelos. Praça Dr. Manuel Rebello de Andrade, 3. Seg-Dom 16.00-22.30.

+ Os melhores bares de vinho em Lisboa

+ Isto vai aquecer: esta sexta-feira chega a nova edição da Time Out Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade