Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Neste pop up solidário também pode vender a sua roupa
Leonor Bettencourt Loureiro
Xipipa

Neste pop up solidário também pode vender a sua roupa

Publicidade

O número 4 da Rua Passos Manuel, em Arroios, vai acolher durante dois dias um pop up com vendas de roupa em segunda mão – sendo que tudo o que não for vendido será entregue a associações que dão apoio a sem abrigo e refugiados. Marque na agenda os dias 24 e 25 de Janeiro e conte também com conversas sobre sustentabilidade e música. 

The Ghost Of Future Fashion foi o nome escolhido por Leonor Bettencourt Loureiro, realizadora, produtora e a mente responsável por esta iniciativa, em parceria com a Fashion Revolution Portugal, que vai ser uma montra de roupa vintage e em segunda mão de ilustres desconhecidos, alguns artistas e influenciadores – tudo pela prática do desapego.

“Como realizadora, e como tal fazendo muitas vezes campanhas de moda, sinto que tenho de falar e espelhar a sustentabilidade de que urgentemente precisamos”, refere Leonor em comunicado. “Há já algum tempo que tento organizar algo solidário com foco na comunidade.”

Qualquer pessoa pode participar na venda, sendo que a entrega da roupa acontece na mesma morada do pop up, mas durante os dias 22 e 23. Os interessados em fazer parte do projecto terão de enviar um email à organização (bettencourtloureiro.leonor@gmail.com) e poderão levar um máximo de 15 peças. 

A logística de venda está entregue a Leonor e à sua equipa que vão estar ao longo dos dois dias atrás das bancas de roupa. Os preços das peças estão fixados nos 5€, 10€, 15€, 20€, 25€ e os 50€, sendo que 60% dos lucros vão para quem entregou as peças, e os restantes 40% para cobrir as despesas do evento. Tudo o que sobrar de roupa será doado à Comunidade Vida e Paz, que as fará chegar a sem abrigos. 

Se estiver interessado apenas em doar as peças, pode fazê-lo também e, nesse caso, mantém-se a percentagem para as despesas, mas os 60% do dinheiro do que for vendido será também doado à Comunidade Vida e Paz, assim como as peças que sobrarem e não forem vendidas.

No dia 25, a agenda será preenchida por duas conversas moderadas por Maria Galvão Sousa – uma às 16.00 sobre sustentabilidade na indústria da moda e outra, às 18.00, com a presença de Catarina Querido, que vai falar sobre o seu projecto em “Case Study Anjos 70: De um mercado de roupa a um pólo criativo”. 

Todo o evento vai estar ligado à comunidade artística, com uma ilustração na montra de Mafalda Slam e com venda de merchandise do evento como tote bags e t-shirts – tudo feito por artistas gráficos como a tatuadora Espirro, a artista Kruella D'enfer e os ilustradores Cara Trancada e Cryptmuzz. Para animar os visitantes, há DJ sets ao longo do dia.

Rua Passos Manuel, 4. 24 Jan 15.00-21.00, 25 Jan 11.00-21.00. 

Conheça estas lojas em segunda mão em Lisboa para dar uma nova vida à roupa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade