Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right No jardim do Palácio Pimenta há jazz aos sábados e leituras aos domingos
Leituras Palácio Pimenta
José Frade - EGEAC Leituras no Palácio Pimenta

No jardim do Palácio Pimenta há jazz aos sábados e leituras aos domingos

O Museu de Lisboa aproveita o bom tempo para voltar a levar visitantes aos seus núcleos.

Publicidade

O Palácio Pimenta é o núcleo-sede do Museu de Lisboa, instalado num palácio de veraneio da primeira metade do século XVIII e bem enquadrado pelo que resta de uma antiga quinta senhorial, uns belos e vastos jardins onde pavões fazem companhia aos visitantes. Durante o mês de Julho, há lá concertos aos sábados e leituras aos domingos.

Aos sábados, o guitarrista Bruno Santos e o saxofonista Ricardo Toscano juntam-se a partir das 16.00 para pequenos concertos de jazz de entrada gratuita. Durante a quarentena, os músicos e vizinhos tocaram cada um no seu quintal, que agora trocam pelos jardins do museu. O desafio foi lançado pela cantora Rita Redshoes, que se juntará a eles na última sessão, a 25 de julho. 

Já aos domingos, até ao final do mês, a partir das 17.00, o jornalista Nuno Miguel Guedes é o anfitrião das sessões de leitura A solidão nunca está sozinha. “Iremos encarar a beleza da solidão através do que de melhor deixou a literatura e a poesia. Sem medos nem angústias", declara Nuno Miguel Guedes. "Celebremos esta maravilhosa certeza de que a solidão nunca irá estar sozinha”.

A sessão de dia 12 terá Raquel Marinho, Ricardo Ribeiro e Rita Redshoes como leitores, e o músico Gabriel Muzak (guitarra) a acompanhar. No dia 19, David Ferreira, Raquel Serejo Martins e Teresa Coutinho, na companhia do violino de Francisco Ramos, estão a cargo das leituras. Já na última sessão, dia 26, é a vez de Cláudia R. Sampaio, Miguel Lobo Antunes, Miguel Sopas e Giulia Cat (auto-harpa).

A entrada é gratuita, mas sujeita à lotação, por isso será melhor fazer reserva (info@museudelisboa.pt ou 21 751 3200). 

Campo Grande, 245. Sábados 16.00 e domingos 17.00. Entrada livre.

+ Leia aqui a Time In Portugal desta semana

+ Bons motivos para passar o Verão em Lisboa e aproveitar a agenda

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade