Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Bons motivos para passar o Verão em Lisboa e aproveitar a agenda
Verão em Lisboa
Manuel Manso

Bons motivos para passar o Verão em Lisboa e aproveitar a agenda

Fomos à procura dos eventos que nos vão agarrar a Lisboa no Verão.

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Queremos muito que este Verão seja mais quente (de agenda, que de calor há limites) do que os anteriores, mas não vamos permitir que seja uma seca. Nem nós nem os programadores da cidade, que mesmo com todas as restrições que se impõem pelos tempos que se vivem, não desistiram e continuam a dar à cidade uma agenda recheada, dentro do possível. Portanto, se não tem planos para sair de Lisboa, não desanime porque o Verão na cidade também pode ser bem passado. Renove o guarda-roupa, refresque-se com o que de melhor se faz nos bares e aproveite os espaços verdes para se estender e relaxar. Esqueça o escritório, vamos levá-lo a viajar dentro de uma Lisboa que está a escaldar. piscinas low cost, praias naturistas no outro lado do Tejo e muitos sítios para piquenicar. Pelo meio, não faltam eventos para lhe encher a agenda. Esta lista é mesmo para não perder pitada. Mas com cautela, claro.

Recomendado: Os melhores terraços em Lisboa

Bons motivos para passar o Verão em Lisboa

Cinema São Jorge
Cinema São Jorge
Fotografia: Cinema São Jorge

1. Festival Política

Coisas para fazer Festivais Cinema São Jorge, Avenida da Liberdade

A 4.ª edição do Festival Política regressa ao Cinema São Jorge em Agosto, entre os dias 13 e 16, com debates, filmes, performances, exposições e espectáculos de música e humor, todos gratuitos (com lotação limitada e sujeitas ao levantamento de bilhetes na bilheteira do Cinema São Jorge). Esta edição debruça-se sobre o ambiente e também sobre o Brasil, num festival que logo no primeiro dia apresenta o debate "A exploração da gente para a exploração da terra"; a oficina/performance "Semba versus Petróleo"; e uma sessão com os vencedores dos Green Film Network Awards (Mundo Perdido, de Kalyanee Mam e Frota Fantasma, de Shannon Service e Jeffrey Waldron). O programa completo está aqui.

Lisboa Mágica
Lisboa Mágica
José Frade/EGEAC

2. Lisboa Mágica

Coisas para fazer Lisboa, Lisboa

Luís de Matos, nas lides do ilusionismo há décadas, volta a ser o responsável pela direcção artística do Festival Internacional de Magia de Rua de Lisboa – o Lisboa Mágica. Entre 25 e 30 de Agosto, há momentos de magia no Jardim do Palácio Pimenta, Jardim do Palácio Baldaya, Jardim da Galeria Quadrum, Claustro do Museu da Marioneta, Jardim da Biblioteca dos Olivais e Jardim da Biblioteca Palácio Galveias. Este ano estão na lista alguns convidados internacionais que se juntam aos nacionais para trazer momentos mágicos ao longo de seis dias. Os espectáculos têm hora marcada (pode consultar espaço e horário aqui) e a lotação é limitada, sendo que as reservas devem ser feitas aqui.   

Publicidade
ccb, jardim das oliveiras
ccb, jardim das oliveiras
©Marta Azevedo/CCB

3. Verão: O Melhor dos Mundos Possíveis

Coisas para fazer Centros culturais Centro Cultural de Belém, Belém

Do jazz à ópera, do funk à música contemporânea, da música africana à clássica, o programa de Verão do CCB quer ser “diverso mas igualitário”. Entre os convidados estão Fogo Fogo (15 de Julho), Filipe Sambado (18 de Julho), Orquestra de Câmara Portuguesa (19 de Julho), Keep Razors Sharp (25 de Julho), André Rosinha Trio (8 de Agosto), Sensible Soccers (15 de Agosto) e Tito Paris (12 de Setembro). As sessões de cinema acontecem todas as sextas-feiras, às 21.00 (6€). Mas ainda há espaço para visitar a exposição “O Mar é a Nossa Terra”, na Garagem Sul, de terça-feira a domingo, das 12.00 às 20.00 (6€); para assistir a aulas de yoga e tai chi chuan aos sábados, às 10.00, no Jardim da Pedra (entrada livre); ou ouvir as conversas que irão acontecer no Jardim das Oliveiras, às quintas-feiras, entre as 18.00 e as 19.00.

Avenida Q
Avenida Q
Arlindo Camacho

4. Avenida Q

Teatro Comédia Teatro Municipal Maria Matos, Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

Baseado no musical Avenue Q, que se estreou na Broadway em 2003, Avenida Q regressa aos palcos lisboetas quase três anos depois, como espectáculo de reabertura do Teatro Maria Matos, a partir de 15 de Julho. É fácil identificar-se com aspectos da vida de Paula Porca, o gay no armário Félix, o tarado Trekkie ou o recém-licenciado Luís, neste que não é um espectáculo para crianças – sim, os palavrões são uma realidade. Do elenco fazem parte actores como Manuel Moreira, Inês Aires Pereira, Rui Maria Pêgo, Samuel Ferreira Alves, Diogo Valsassina ou Ana Cloe. Estará em cena até Novembro e pode comprar os bilhetes aqui.

Publicidade
Dj Marfox
Dj Marfox
©Marta Pina

5. Noites de Verão

Música Vários locais

Até 25 de Setembro, todas as sextas a associação cultural Filho Único leva concertos ao Jardim das Estátuas, no Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC), em Agosto, e ao Jardim da Galeria Quadrum, em Setembro. A partir das 19.00, há nomes a subir a palco e a entrada é livre, mediante o levantamento de um ingresso, de forma a cumprir as normas em vigor.

Música, Filipe Sambado
Música, Filipe Sambado
©Diogo Vasconcelos & Xipipa

6. Bairro em Festa 2020

Coisas para fazer Festivais Lisboa, Lisboa

Concertos, espectáculos, cinema, exposições, ateliers, debates, passeios e jantares comunitários. O Bairro em Festa 2020 terá como "coluna vertebral" a Avenida Almirante Reis e abrange quatro zonas vizinhas: Intendente, Pena, Anjos e Arroios. O Quartel da GNR do Largo Cabeço da Bola vai ser o palco musical, a 20 de Agosto com a participação de Pedro Salvador e Madalena Victorino com o espectáculo Companhia Limitada: o Concerto. No dia seguinte é a vez de Filipe Sambado e a 22 de Agosto sobem ao palco António Zambujo e Jon Luz com Do Fado à Morna. O cartaz musical fecha no dia 23 com Ayon.  O Bairro em Festa 2020 vai-se estender pelo Quartel GNR - A (Largo Cabeço da Bola), Quartel GNR - B (Rua Jacinta Marto), Escola EB1 nº1 (Rua de S. Lázaro), Mercado de Culturas (Mercado Forno do Tijolo), Praça Novas Nações, Largo do Intendente, Palácio Visconde da Graça (Largo do Intendente, 35), Largo Residências (Largo do Intendente, 19), Crew Hassan (Rua Andrade, 8A) e Zona Franca (Rua de Moçambique).  

Publicidade
Feira do Livro 2014
Feira do Livro 2014
©SUM

7. Feira do Livro

Coisas para fazer Mercados e feiras Parque Eduardo VII, São Sebastião

Adiada, mas não cancelada. A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) confirmou a 90.ª edição da Feira do Livro de Lisboa para o final de Agosto. Pouco se sabe sobre o programa deste ano, apenas que o espaço estará adaptado à nova realidade, sendo que a organização pede a editores e livreiros que reactivem as suas candidaturas. De qualquer forma, conte com uma boa dose de páginas novas, relíquias ou pechinchas para ler, reler e desconfinar ao ar livro (sim, foi de propósito).

Amália Rodrigues
Amália Rodrigues
DR/ Lisboa na Rua

8. Amália no Cinema

Coisas para fazer Museu de Lisboa - Palácio Pimenta, Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

Para celebrar o centenário do nascimento de Amália Rodrigues, o Lisboa na Rua surge com Amália no Cinema, entre 3 e 6 de Setembro. O palco destas sessões de cinema ao ar livre será o Jardim do Palácio Pimenta do Museu de Lisboa (bilhetes entregues no dia entre as 11.00 e as 17.00 para 150 lugares; 21.30), que projecta quatro filmes protagonizados pela diva maior do Fado, são eles: Capas Negras, de Armando de Miranda, Fado, História d'uma Cantadeira, de Perdigão Queiroga, As Ilhas Encantadas, de Carlos Vilardebó, The Art of Amalia, de Bruno de Almeida. Cada filme é comentado, ao vivo, por vários convidados.

Publicidade
dançar a cidade
dançar a cidade
©José Frade/EGEAC

9. Dançar a Cidade

Coisas para fazer Vários locais

O Lisboa na Rua dá bailinho à cidade durante quatro domingos. Ao final da tarde (17.30), é tempo de se fazer à pista que nesta edição se monta no Jardim do Palácio Pimenta, que terá aulas de bollywood (13 de Setembro) e afrodance (27 de setembro), e no Palácio Baldaya, com sessões de dance hall (6 de Setembro) e samba (20 de Setembro).

Antiprincesas
Antiprincesas
Antiprincesas

10. Antiprincesas - Beatriz Ângelo

Miúdos Estufa Fria, São Sebastião

Os miúdos podem alegrar-se com o regresso das Antiprincesas (12 e 13, 19 e 20, 26 e 27 Setembro, 11.00 e 16.00, reservas bilheteira@teatrosaoluiz.pt), desta vez na Estufa Fria. A colecção de livros infantis com o mesmo nome deu origem a esta série de espectáculos criados por Cláudia Gaiolas e como em equipa que  ganha não se mexe a saga continua. Nesta edição do Lisboa na Rua as heroínas são mulheres portuguesas que fizeram História, arrancando com sessões da Antiprincesa – Beatriz Ângelo, a médica feminista, que foi a primeira mulher a votar em Portugal, em 1911.

Publicidade
Judy (2019)
Judy (2019)
©DR

11. Cinema no Verão

Filmes Parque Mayer, Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A iniciativa parte uma vez mais da Freguesia Santo António, tal como em anos anteriores, que pretende oferecer à comunidade noites mais quentes em frente ao ecrã. Se é daqueles que até gosta de aproveitar os finais de tarde espojado na relva e de copo na mão a ver o pôr-do-sol no miradouro, lembre-se que aos sábados pode prolongar o ócio até mais tarde, porque a partir das 21.30 é hora de cinema no Parque Mayer e não tem de pagar um cêntimo a mais por isso.

boca
boca
José Frade

12. Ecotemporâneos

Coisas para fazer Quinta da Alfarrobeira, Sete Rios/Praça de Espanha

Já não é novidade este projecto que quer promover a ocupação de espaços verdes de Lisboa, a sua acessibilidade e fruição, através da criação de uma comunidade de leitura inclusiva. As sessões desta vez decorrem na Quinta da Alfarrobeira, em Benfica, a 29 de Agosto com o encenador e realizador Jorge Silva Melo e o livro “O mundo dos outros”, de José Gomes Ferreira, e a 27 de Setembro com a fadista Gisela João e “O Sol e as Suas Flores”, de Rupi Kaur (reservas info@bocabienal.org, 16.00).

Publicidade
chapeus na rua
chapeus na rua
©Rui Patraquim

13. Chapéus na Rua

Coisas para fazer Festivais

Durante três dias, os artistas e as artes de rua ocupam vários locais da freguesia de Arroios com um programa composto por artistas nacionais e internacionais. Os eventos que compõem o festival vão andar à volta do novo circo (roda alemã, antipodismo, malabarismo, monociclo e palhaço), palhaços, teatro, música, workshops e instalações artísticas (reservaschapeusnarua2020@gmail.com). Conheça o programa completo aqui.

Estufa Fria
Estufa Fria
©Manuel Manso

14. Lisboa Soa

Coisas para fazer Lisboa, Lisboa

O Lisboa Soa acontece este ano em vários locais da cidade, no âmbito da Capital Verde Europeia e num período marcado pelo silenciamento forçado das cidades. Devido à conjuntura grave que a comunidade artística vive, o festival lançou uma open call para atribuição de seis bolsas de criação a artistas portugueses, que tivessem interesse em explorar o formato da instalação ou escultura sonora. A programção acontece em vários locais de Lisboa e pode ser consultada aqui.

Publicidade
Open House Lisboa
Open House Lisboa
Rodrigo Gatinho

15. Open House Lisboa

Coisas para fazer Lisboa, Lisboa

Se normalmente o Open House abria as portas de edifícios históricos, casas privadas e outros lugares habitualmente fechados ao público, este ano há mudanças. A programação consiste em passeios sonoros em formato podcast propostos por oito convidados como Inês Meneses,  Leonor Teles, Rui Tavares, Gonçalo M. Tavares ou Tomás Wallenstein. Os passeios são pedestres e podem ser consultados através de oito áudio-guias que qualquer pessoa pode seguir de forma independente. Quando chegar a hora, basta descarregá-los, consultar o itinerário, dar corda aos sapatos pela cidade e pôr-se à escuta. 

Dias do Piquenique
Dias do Piquenique
Jose Marques Silva

16. Piqueniques da Parques de Sintra

Coisas para fazer Quinta da Pena, Sintra

A Parques de Sintra fez nascer o Dia do Piquenique, uma iniciativa mensal em que servem uma cestinha recheada para pousar nos Parques da Pena, nos jardins de Monserrate ou nos Jardins de Queluz. O primeiro aconteceu a 27 de Jumho; depois, o Dia do Piquenique regressa a 25 de Julho, 29 de Agosto e 26 de Setembro. A toalha pode ser estendida, mediante reserva, a dois (38€) ou em família (52€). Os bilhetes para os parques não estão incluídos. As reservas são feitas até às 12.00 da quarta-feira anterior à data (eventos@parquesdesintra.pt). Saiba mais aqui.

Publicidade
Palácio de Monserrate
Palácio de Monserrate
Fotografia: Alberto Frias/ Unsplash

17. Visitas aos Bastidores

Coisas para fazer Sintra, Sintra

Já se interrogou como são os espaços dos palácios e monumentos que muitas vezes não são mostrados aos visitantes? A Parques de Sintra vai mostrar como são os bastidores dos parques e monumentos, com o novo programa Visitas aos Bastidores. Entre Julho, Agosto e Setembro haverá visitas todos os sábados de manhã de duas horas a espaços inacessíveis ao público. Desde aposentos da rainha D. Maria Pia no Paço de Sintra às reservas do Palácio Nacional da Pena, ou até uma rede de minas de água que atravessa o interior da Serra de Sintra. As visitas decorrem entre as 10.00 e as 12.00 e é necessário efectuar uma inscrição prévia (info@parquesdesintra.pt). O preço é de 30€ por participante ou de 60€ por família. Descubra a programação completa aqui.

Verão em Lisboa

Café na Fábrica Esplanada
©Inês Félix

As melhores esplanadas em Lisboa

Restaurantes

Passamos o Inverno inteiro a sonhar com elas, ao primeiro raio de sol da Primavera voltamos ansiosos para elas e durante o Verão instalamo-nos confortavelmente, porque não queremos outra coisa. Receitamos-lhe mais de 50 doses para repor os níveis de vitamina D.

Publicidade
Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade