A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Palácio Nacional de Queluz
Parques de Sintra – Monte da Lua

Noites de Queluz: vêm aí nove concertos nocturnos para celebrar o esplendor setecentista

Os concertos têm lotação limitada, pelo que serão pela primeira vez transmitidos também online, para que possam chegar a mais público.

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Nove concertos. Nove noites. E um palácio como pano de fundo. A 6.ª temporada de música da Parques de Sintra está de volta com as Noites de Queluz. Acontecem de 16 de Outubro a 13 de Novembro no Palácio Nacional de Queluz e invocam o esplendor setecentista. 

Com direcção artística de Massimo Mazzeo e organizada em parceria com o Centro de Estudos Musicais e Setecentistas de Portugal – Divino Sospiro, esta edição das Noites de Queluz quer invocar “o esplendor setecentista através de obras emblemáticas desse período, que pretendem oferecer ao público contemporâneo a recuperação da memória das vivências deste monumento através da música”, refere a Parques de Sintra em comunicado.

O primeiro concerto acontece a 16 com a soprano Roberta Mameli acompanhada pelo Ensemble Mare Nostrum apresentam O Sonho de Arianna, sobre quatro figuras femininas da Antiguidade Clássica (21.30, 15€). Depois, no dia 17, o espectáculo Uma Serenata para os Sopros é levado a cabo pelo grupo Concerto Campestre com Pedro Castro (21.30, 15€), com um programa que inclui a Gran Partita –Serenata nº10 para sopros de Mozart. 

No dia 24 de Outubro, Bach a Dois será o momento de Laura Pontecorvo, na flauta, e Rinaldo Alessandrini, no cravo, ocuparem o palco (21.30; 15€). E tal como na edição passada, o ciclo conta com um concerto para famílias, 25 de Outubro (19.00; 7,5€-15€). Este ano a obra escolhida para ser apresentada foi Dom Quixote no Casamento de Comacho, de Georg Philipp Telemann, narrada pela actriz Lígia Roque. O concerto para famílias é uma forma de aproximar os mais novos da música clássica, com um espectáculo pensado especialmente para eles. 

A 30 de Outubro, é a vez da soprano Nuria Rial e de Andreas Staier (pianoforte) apresentarem Das Emoções de salão à Tragédia Clássica, com um repertório que acolhe Wolfgang Amadeus Mozart, Muzio Clementi e Joseph Haydn (21.30; 15€). No dia 31, Americantiga Ensemble e Divino Sospiro juntam-se para apresentar Scarlatti, agente da ópera italiana em Lisboa (21.30; 15€). 

O ciclo continua em Novembro, e logo no dia 6, Stefania Neonato celebra os 250 anos sobre o nascimento de Beethoven (19.00; 15€) na Sala do Trono do Palácio com Beethoven junto ao Tamisa. No dia 7, há Esplendores sacros do Barroco italiano com Josè Maria Lo Monaco e Divino Sospiro (21.30; 15€). 

O último concerto do ciclo está entregue ao grupo Le Concert de L'Hostel Dieu, à meia-soprano Lila Hajosi e a Frank-Emmanuel Comte, no cravo (21.30, 15€). 

Ainda nesta edição há mais uma novidade nos dias 17 e 18 de Outubro, que será uma masterclass conduzida pelo músico e pedagogo Andrea de Carlo, que conduz esta sessão em Portugal pela primeira vez. A masterclass é dirigida a cantores e instrumentistas, e quer mostrar uma nova abordagem técnica e interpretativa da língua italiana na música cantada dos séculos XVII e XVIII. As inscrições são feitas a partir de um formulário já disponível aqui.

Durante os espectáculos há várias medidas de higiene e segurança a ter em conta, desde o distanciamento entre os lugares à obrigatoriedade de higienização das mãos nos locais. O uso de máscara será obrigatório.  

A pensar em quem não conseguir estar nos concertos presencialmente, a Parques de Sintra vai transmitir em directo os concertos online. 

+ Os velhos anúncios a medicamentos estão expostos no Museu da Farmácia

Últimas notícias

    Publicidade